6 Plantas Com Aromas Surpreendentes

horta

The Almost Eugenie s√£o ambos um ref√ļgio rom√Ęntico, um hotel de luxo, v√°rios restaurantes, incluindo uma estrela, mas tamb√©m um jardim cheio de sabores e cheiros.

Michel Guérard, um dos chefs franceses mais famosos, recomendou seis "aromáticos" originais, para receitas leves e saborosas. Em seus laboratórios, ele se casa com os aromas, notas e sabores juntos, como um grande perfume nariz que torna-se um novo perfume em seu órgão perfume.

Arom√°ticos

Verbena, hissopo e s√°lvia

1. Lemon Verbena (Lippia citriodora)

Esta é uma das plantas principais da cozinha de Michel Guérard. Suas folhas amassadas exalam um forte cheiro de limão. Ele usa muito no sobremesas: Pequeno babas xarope verbena com as framboesas e morangos em gelo, sopradas em, sozinho ou "enganchados" com outros sabores. Perfume os óleos: junte 100 g de verbena fresca e 10 g de sal a 1 litro de óleo de amendoim.

O perfume dele: mesmo quando mal é detectado, traz delicadeza, complexidade para o todo, assinatura de ótimos pratos.

2. S√°bio (Salvia officinalis)

Poucos sabem como usar o s√°bio perfumado, que alguns chamam de quase medicinal. Em qualquer caso, √© prefer√≠vel usar as folhas mais jovens e mais macias, cujo sabor √© muito menos forte. O aroma do s√°bio vai bem com o de cebolas. Michel Gu√©rard usa o s√°bio com nabos ele faz poach "al dente", ent√£o retorne com um pouco de a√ß√ļcar e manteiga, ao qual ele adiciona algumas folhas de s√°lvia.

O perfume dele: Suas notas s√£o quentes, fortes, canforadas.

3. O hissopo (Hyssopus officinalis)

Michel Guérard usa muito comtomates, em um creme, por exemplo, umsorbet ou saborear feijão branco. Mas é principalmente a sua esposa, Christine, que a torna adorávelbuquês perfumadosmisturado com rosas velhas para perfumar os banheiros. Também pode ser seco para perfumar os armários.

O perfume dele:é penetrante, entre hortelã e lavanda. Michel Guérard descreve seu gosto como "áspero(por causa dos taninos que excitam o paladar),amargo eflorido".

Os aromas cítricos e o inesperado

Combava, yuzu e café verde

4. O combava (Citrus hystrix)

√Č uma esp√©cie de pequeno verde brilhante cal, redondo e inchado, que √© usado todas as folhas, casca picado e suco (mais √°cido e mais perfumado do que o lim√£o). Michel Gu√©rard usa a folha para perfumar um vegetais consumidos ou o entusiasmo para despertar cvieiras. Esta fruta c√≠trica cresce em vasos, no exterior, no ver√£o, em uma estufa fria no inverno.

O perfume dele: o entusiasmo oferece uma mistura sutil de lemongrass, gengibre e coentro fresco, um pouco apimentado. O aroma das folhas evoca o citronelamais quente e mais poderoso.

5. O yuzu (Citrus ichangensis √ó C. reticulata var austera)

Esta tangerina amarela engra√ßada, cheia de grandes sementes n√£o comest√≠veis, √© o emblema da Gastronomia japonesa. Yuzu se tornou a queridinha dos chefs nos √ļltimos anos, e Michel Gu√©rard reconhece que sua finura √© excepcional. Ele se casa com ele para o cvieiras, mas tamb√©m, para sobremesa, com pequenos repolhos com verbena de capim-lim√£o. Al√©m disso, o arbusto cresce bem em vasos, na estufa de inverno.

O perfume dele: é uma mistura sutil de limão, limão, toranja e tangerina.

6. Café Verde (Coffea arabica)

Michel Guérard surgiu com a ideia de associar café com ostras.... porque o iodo pode enfrentar o forte aroma do café. Ele assou um pouco de café verde e acrescentou um pouco de cardamomo. Ele fez uma musse que ele então casou com ostras grelhadas (com gengibre, lima e chalota).

O perfume dele: a mistura "ostra e caf√©" n√£o √© comest√≠vel porque o aroma do caf√© √© muito forte. O caf√© verde √© muito fofinho. Mas um caf√© verde mal torrado √© perfeito. Para isso, passe os gr√£os de caf√© por 15 a 20 minutos no forno a 150¬į C, depois misture-os.

Compartilhe Com Seus Amigos