Soluções Anti-Envelhecimento Para O Meu Cão

Cão velho com casaco de clareamento

Ele compartilhou sua vida por um longo tempo. O peso dos anos começa a ser sentido, mas aos olhos dele, uma mensagem: "Eu não terminei!" Aqui estão algumas maneiras de ampliar a convivência com confiança.

Clareamento do cabelo não é um sinal de envelhecimento. Casacos pretos ou pretos e fogo embranquecem cedo.

Cuidado apropriado

No geral, os primeiros sinais de envelhecimento aparecem por volta dos 12-13 anos em cães pequenos e 7-8 anos em cães mais velhos. Mas o corpo não envelhece uniformemente em todos. Alguns rapidamente têm funções que falham (coração, músculos, audição...) quando os outros estão bem até a velhice. Costuma-se dizer que quanto maior o cão, menor a sua expectativa de vida. Isso é parcialmente verdadeiro, mas a relação com a velhice também é uma questão de linhagem: para a mesma raça, é possível identificar linhas que permanecem "jovens" por muito tempo e outras que envelhecem mais rápido que a média. O veterinário pode realizar um checkup geriátrico, que é usado para determinar os órgãos em falha e para detectar possíveis doenças: ele pode decidir sobre um tratamento adequado que ajudará o animal a envelhecer melhor. Graças aos recentes avanços na medicina veterinária, existem tratamentos eficazes para tratar problemas cardíacos, musculares, neurológicos ou articulares.

Acompanhamento diário

Além do acompanhamento médico regular, o animal também deve ser apoiado diariamente. "Mesmo que ele se canse mais rápido, durma mais vezes ou jogue menos voluntariamente, isso não é motivo para deixá-lo sozinho em seu canto, mas para continuar estimulando-o mantendo a atividade física. Os passeios podem ser mais curtos, mas devem ter a mesma frequência, praticar exercícios cognitivos e recompensar cada sucesso, o que pode incluir a observação de uma bola de cores específica, entre outros. Manter um vínculo social e emocional, é essencial! Suprema contribuição: a chegada de um cachorro jovem em casa. Os mais velhos terão prazer em desempenhar um papel de educador para o recém-chegado e, assim, ser mais ativos.

Mantenha o vínculo social e emocional, é essencial!

Cão deprimido

Sopro de depressão

O envelhecimento pode ser acompanhado por depressão, que em muitos casos está ligada a distúrbios endócrinos. Estes, quando reconhecidos, serão tratados com um tratamento adequado que geralmente dá bons resultados. Resultados que, sem dúvida, serão reforçados por laços mais estreitos com o cão (introdução de novas atividades, passeios...). Acontece também que o seu companheiro tem reações agressivas (grunhidos, mordidas). Esses comportamentos podem ser causados ​​por dor, como osteoartrite. Comece identificando os pontos sensíveis e opte - por um veterinário - por tratamentos apropriados. Finalmente, a surdez pode ser a causa de reações ameaçadoras. Se seu cachorro é surdo, sempre o avise da sua aproximação, não o pegue de surpresa.

Compartilhe Com Seus Amigos