Crie Um Jardim Amarelo

Atmosfera ocidental neste espaço: Yucca gloriosa, Agave americana para o lado picante, e voila!

Dif√≠cil de cometer um erro com o amarelo, cujas diferentes tonalidades est√£o alegremente entrela√ßadas na natureza, do amarelo lim√£o ao verde cartuxo. Para o jardineiro, essa √© a cor mais simples de se trabalhar, at√© sua variante horticultural recente, o 'Ouro': um nome √†s vezes enganoso, que na verdade significa um tom laranja-amarelo. F√°ceis de combinar uns com os outros, estes v√°rios tons misturam-se bem com a folhagem, sendo o verde a cor mais pr√≥xima no c√≠rculo crom√°tico. Em suma, para Francis Peeters, autor de Guia de cores do jardim, sua abund√Ęncia e diversidade tornam o aliado mais seguro do jardineiro.

Estação monocromática amarela

O amarelo é tão difundido na natureza que é uma das poucas cores em que a questão do monocromático surge... com apenas um risco: a monotonia. Então é muito importante variar a forma das flores: quando as flores são da mesma cor e forma idêntica, o olho não é enganchado e o maciço parece sem graça. O jardineiro Francis Peeters, portanto, aconselha, a fim de evitar a tecelagem do olho, colocar em primeiro plano altas plantas de folhagem com folhagem discreta, como umbellifers. Folhagem verde e amarela, cuja textura discreta traz transparência... e faz o jogo da surpresa.

Foeniculum vulgare:uma planta quase transparente, graças à sua folhagem muito fina.

De amarelo suave a meia sombra

Nas sombras, as cores vivas tendem a se destacar, ent√£o voc√™ tem que ter cuidado com a m√£o pesada. amarelo suave√Č mais discreto e a escolha perfeita para animar a escurid√£o sem cair em um flash. Uma escolha para refletir tamb√©m a passagem das esta√ß√Ķes, as fortes luzes de ver√£o aumentando as sombras no jardim... acentuando assim o impacto dos amarelos saturados.

Sisyrinchium striatum:uma longa florada de outono no outono, que, por outro lado, se espreme muito facilmente...

Baunilha amarela, f√°cil de combinar

Se voc√™ quiser jogar nas mixagens, saiba que o baunilha amarela harmoniza bem com todas as cores do arco-√≠ris, exceto a branca, o que a faz cair na suavidade e na distra√ß√£o. √Č, portanto, a cor p√°lida ideal para reduzir os matizes muito brilhantes.

1. Lupinus'Lustre': sol e pólos defleuries cortados para permitir um aumento no final do verão.
2. Helleborus orientalis (cultivar amarelo): quem disse que faltava amarelo entre os heléboros?

A ponta do especialista: o exotismo do amarelo

Entre Bruxelas e Coudrai, o jardineiro belga Francis Peeters criou um rico jardim de cerca de 1500 espécies. Este apaixonado, mestre passado na arte de combinar plantas, aconselha, no caso da cor amarela, a não ter medo de brincar com o seu exotismo, especialmente quando o jardim é caracterizado pelo seu pequeno tamanho: "Aqui, ele apenas uma agave e uma mandioca para o desenvolvimento leva o andador na aridez de um faroeste: a ênfase foi colocada no amarelo, o tamanho restrito do lugar diminuindo o risco de notas falsas ".

Guia de cores do jardim

Francis Peeters, Guy Vandersande, Edi√ß√Ķes Ulmer, 2016, 320 p√°ginas, 18,7 x 24,5 cm, 29,90 euros.

Desde a pr√°tica do c√≠rculo crom√°tico at√© as associa√ß√Ķes mais arriscadas, aprenda a lidar com as cores do jardim de Francis Peeters: este jardineiro apaixonado, que passou pela cria√ß√£o de contrastes, oferece todos os seus segredos para fazer o seu jardim brilhar. Uma leitura obrigat√≥ria, alta em cores!

Vídeo: 20 flores para ter no seu jardim.

Compartilhe Com Seus Amigos