Coisas Efêmeras, Insetos Totalmente Inofensivos

As ef√™meras (Ephemeroptera) s√£o os mais antigos insetos alados ainda vivos desde que apareceram h√° mais de 300 milh√Ķes de anos! Existem muitas esp√©cies delas, e voc√™ provavelmente as atravessou formando vastas nuvens de v√°rios milhares de indiv√≠duos √† noite. Eles tamb√©m podem se agarrar a uma parede.

O efêmera, carteira de identidade

As ef√™meras medem de 3 a 4 cm de comprimento, m√°ximo grande, sem levar em conta os 2 ou 3 c√≠rculos, estes filamentos longos que estendem o abd√īmen fino e alongado. As asas nervuradas, membranosas e r√≠gidas, sempre na posi√ß√£o vertical, s√£o quatro em n√ļmero: um par anterior razoavelmente largo e um par posterior menor. Esses insetos t√™m antenas curtas e quatro patas com aquelas na frente que s√£o mais longas que as outras, como se deitasse para frente, o que √© ainda mais marcado no macho.

efêmero, inseto voando nas nuvens

Companheiro ef√™mera para se reproduzir em v√īo. Depois que as f√™meas colocam seus ovos na √°gua, elas morrem, assim como os machos logo depois. Por outro lado, as larvas ou n√°iades permanecer√£o nesse est√°gio por 2 a 3 anos e, quando eclodirem, sua vida adulta "ef√™mera" n√£o durar√° mais de 24 a 48 horas, o que explica o nome desse inseto. Ele apenas vive o tempo para se reproduzir, sem sequer ter tempo para comer; ele n√£o tem um sistema digestivo!

No entanto, a transição para a fase adulta é feita em duas etapas: uma primeira muda, chamada "subimago", geralmente em junho ou início do verão, que é uma etapa pré-adulta que dura apenas algumas horas e que lhes dá asas. ; a segunda muda, "imago", torna-os definitivamente adultos, permitindo-lhes voar em grupos ou nuvens em busca de uma fêmea com quem acasalar. E o loop está completo.

nuvens efêmeras

Apenas as larvas se alimentam de suas partes bucais que desaparecem quando se tornam adultos. Como eles vivem na √°gua, eles t√™m br√Ęnquias para respirar e se alimentam de peda√ßos de vegetais e mat√©ria org√Ęnica que encontram l√°. Os adultos n√£o comem, n√£o atacam o seu jardim para ca√ßar alguma coisa, por isso voc√™ n√£o tem nada a temer ef√™mera.

Os aspectos positivos das coisas efêmeras

Durante o ver√£o, n√£o √© incomum ver nuvens ef√™meras atravessando uma ponte urbana sobre um rio. Por qu√™? Simplesmente porque essas coisas ef√™meras acabaram de eclodir larvas que viviam no ambiente aqu√°tico do rio e s√£o naturalmente atra√≠das pela luz das luzes da rua da ponte. Essa polui√ß√£o luminosa n√£o √© um recurso para as coisas ef√™meras, porque as impede de voar √† vontade e pode at√© mesmo prejudicar a visibilidade dos motoristas. Outra polui√ß√£o, a dos pesticidas no curso de √°gua, √© muito prejudicial para as coisas ef√™meras e provoca uma regress√£o de suas popula√ß√Ķes, que s√£o, no entanto, necess√°rias para seus predadores. Al√©m disso, a presen√ßa de larvas ef√™meras √© uma indica√ß√£o de uma qualidade de √°gua adequada.

Pássaros e morcegos são os principais fãs das efêmeras, enquanto os peixes se alimentam de larvas. Quando as nuvens efémeras morrem e cobrem o solo, por vezes de uma camada bastante espessa, constituem um bom fertilizante natural!

V√≠deo: FAZENDA PARA√ćSO DE VOLTA √ĀS ORIGENS 2.

Compartilhe Com Seus Amigos