Extensão Da Casa: 5 Erros Para Não Cometer

Adquirir espaço adicional na própria casa é um projeto que muitas vezes é considerado pelos indivíduos. Mas querer expandir sua casa não é uma tarefa fácil em termos de trabalho, regulamentações de planejamento urbano, equilíbrio e consistência com o edifício existente, etc. Em muitos casos, erros são cometidos em tal projeto, por omissão ou negligência. Os 5 erros não cometer quando estendendo sua casa.

Extensão da casa: 5 erros para não cometer

1- Subestimar o orçamento necessário para prolongar uma casa

Seja construindo uma varanda simples ou uma sala extra em um nível, levantando um telhado para criar um novo piso, a extensão de uma casa é sinônimo de grandes empregos. Eles não estão limitados à alvenaria por exemplo, mas eles também incluem o trabalho de isolamento, eletricidade, carpintaria, etc, para não mencionar os acabamentos.

A extensão de uma casa pode rapidamente ter um custo muito importante, especialmente se requer, entre outros, a instalação de uma nova escada ou o reforço da estrutura da casa.

Portanto, é aconselhável considerar uma extensão de sua casa em relação ao seu orçamento disponível, ou saber precisamente o custo final de tal trabalho para poder iniciar pedidos de empréstimos de instituições financeiras.

2 - Não leve em consideração o existente

A extensão de uma casa, especialmente se envolve a criação de uma nova superfície de piso que requer a criação de fundações, não deve ser realizada sem um estudo prévio da viabilidade do solo, comumente chamado de "estudo do solo".. Este último permite conhecer a estabilidade do solo e sua capacidade de receber um novo edifício. Este estudo do solo é o único a garantir a durabilidade da expansão de uma casa e, acima de tudo, autorizar esse trabalho que deve ser sólido e duradouro ao longo do tempo.

Por outro lado, é igualmente importante pensar cuidadosamente sobre a implementação da sua futura extensão de acordo com o edifício existente e, acima de tudo, definir claramente a sua orientação para favorecer, em particular, as contribuições em luz natural, promessas de conforto e poupança de aquecimento.

3 - Ignorar regras de planejamento e procedimentos legais

Respeite o plano urbano local

Antes de considerar a extensão de sua casa, é imperativo aprender sobre as regras de planejamento em vigor. Estes são definidos em cada comuna por um plano urbano local (PLU). O PLU pode, em particular, limitar a pegada de uma extensão residencial, definir sua altura máxima, como seu volume, ou impor materiais e cores.

Certas áreas, como áreas protegidas e protegidas, ou em risco de inundação, por exemplo, exigem etapas adicionais para saber exatamente sob quais condições você poderá projetar a extensão de sua casa.

Em todos os casos, dependendo da área do seu ramal, você deve obter uma permissão de construção ou uma declaração prévia de trabalho. Uma vez que o trabalho esteja concluído, você não deve esquecer de preencher uma declaração de conclusão do trabalho com o departamento de planejamento do seu município.

Respeite a regulação térmica (RT) dos edifícios

Como todos os novos edifícios, a extensão de uma casa está sujeita à norma térmica "RT2012", que estabelece regras específicas para o consumo de energia. Um estudo térmico do projeto de extensão deve, portanto, ser realizado para obter uma licença de construção.

Não negligencie sua vizinhança

A extensão de uma casa deve cumprir a lei da propriedade. Em particular, certas regras devem ser respeitadas em termos de distância entre, por exemplo, suas possíveis janelas futuras e o limite de propriedade de seus vizinhos.

4 - Não respeitar a coerência entre o existente e a extensão da casa

A extensão de uma casa não deve ser concebida como a adição de uma estrutura completamente independente da sua casa atual. Primeiro por uma questão prática. A superfície acrescentada deve ser pensada, ao contrário, em total harmonia com as partes existentes e absolutamente, para questões de conforto, estar conectada com o resto da casa de maneira coerente.

Então, a fachada da extensão deve, em particular arquitetonicamente, estar de acordo com a já existente. Mesmo em caso de mudança de estilo em relação ao existente, a extensão de uma casa deve atender a códigos estéticos.

5 - Não use profissionais

Como acabamos de ver, muitos erros podem ser cometidos por ocasião da extensão de uma casa. Não utilizar profissionais, e especialmente um arquiteto, para este tipo de projeto pode ter conseqüências desastrosas para toda a casa, seu conforto e sua segurança para revenda.

Apelar a um arquitecto é a garantia de beneficiar de conhecimentos reais para organizar melhor o equilíbrio e a coerência entre a sua antiga casa e a sua extensão.

Vídeo: 5 ERROS QUE PODEM ESTRAGAR SEU TREINO DE TRÍCEPS.

Compartilhe Com Seus Amigos