Gestação Da Cadela: Tudo Que Você Precisa Saber!

Você planeja que seu cão tenha uma ninhada? Antes de tomar tal decisão, é importante estar bem informado sobre o procedimento a seguir. A projeção e a gestação (diagnóstico, follow-up) devem ser manejadas com atenção e principalmente com a ajuda do seu veterinário para que tudo corra bem.

Gestação da cadela: tudo que você precisa saber!

Com que idade a cadela pode ter filhotes? Quais são os sinais da gravidez e quanto tempo dura? Deve-se saber que alguns riscos podem existir para a saúde do cão; o que são e que precauções devem ser tomadas?

Você encontrará em nosso arquivo as respostas às suas perguntas, bem como conselhos sobre a nutrição da cadela e a preparação do parto.

Quando fazer minha cadela se destacar?

A projeção é o termo que descreve o acasalamento da cadela com o macho, sendo este último freqüentemente escolhido pelo proprietário de acordo com critérios de raça e tamanho. Para determinar o período de projeção, você deve primeiro saber quando ocorre a ovulação do cão. Isso geralmente ocorre dez dias após o início do calor. Para maximizar as chances de fertilização, recomenda-se projetar a fêmea várias vezes entre o 10º e o 21º dia do ciclo (no momento das perdas).

Em termos de idade, podemos considerar a criação do cão a partir de 1 ano para raças pequenas e a partir de 2 anos em raças grandes. Além disso, o risco de complicações aumentando com a idade, não é aconselhável aumentar a cadela para além de 8 anos (6 anos para raças grandes). Buscando conselhos de seu veterinário é a maneira mais confiável para evitar riscos.

Como eu sei se meu cachorro está esperando os pequenos?

A gestação pode ser diagnosticada de diferentes maneiras: observação do comportamento da cadela, palpação, ultra-som, ganho de peso, inchaço dos úberes. O cão pode ficar mais pegajoso, à procura de afeto, nervoso ou hipersensível. Como nas mulheres, a gravidez pode resultar em náuseas e vômitos nos primeiros dias da gravidez.

Depois de um tempo, o ganho de peso pode estar associado ao aumento do apetite e perda de apetite na abordagem do parto. Os úberes crescem então e é possível que o leite flua. A partir do 45º dia de gestação, a cadela provavelmente passará muito tempo dormindo e sua barriga começará a arredondar-se bruscamente. Por fim, a palpação e a ultrassonografia são praticadas pelo médico veterinário, que poderá fazer um diagnóstico definitivo.

Quanto tempo demora a gestação?

A duração média da gravidez é de 60 a 70 dias, ou cerca de dois meses. Essa duração varia de uma corrida para outra e pode ser encurtada para cerca de cinquenta dias, dependendo do caso. Os dias são contados a partir do acasalamento do cão, mas nem sempre é fácil saber se a projeção funcionou bem e se o cão foi realmente fertilizado. É possível detectar a gravidez por palpação abdominal a partir do 35º dia e por ultrassonografia a partir do 20º dia.

Somente o veterinário é capaz de determinar com precisão a duração da gestação através de ultrassonografia, observando o tamanho dos embriões e seu estágio de desenvolvimento. Um segundo ultra-som será realizado em torno do 25º dia para se certificar de que a gravidez está indo bem.

A gravidez tem riscos?

Sim, existem riscos potenciais de aborto espontâneo e infecção. Para lidar com todas essas eventualidades, é essencial prestar um bom atendimento ao cão durante a gravidez. Primeiro, deve ser adequadamente vermifugado e vacinado. Um primeiro desparasitante deve ser dado no início do cio e um segundo desparasitação cerca de três semanas antes do nascimento. As vacinas devem ser atualizadas e, se possível, renovadas antes da reprodução, para que a mãe possa transmitir seus anticorpos aos filhotes. Atenção, nenhuma vacinação deve ser feita durante a gravidez e é necessário evitar dar drogas ao cão durante este período: alguns podem levar ao aborto espontâneo.

Durante a gravidez, certas infecções também podem ocorrer causadas pela presença de bactérias (salmonelas, estreptococos) ou parasitas (pulgas, vermes intestinais). Por esta razão, a higiene na casa deve ser irrepreensível e especialmente no que diz respeito ao negócio da cadela: almofadas, cesta, tigelas, brinquedos... Infelizmente, a cadela grávida também está exposta a "acidentes de gravidez" contra os quais ele Não há tratamento, ou seja, os pequenos morrem com mais frequência.No entanto, se o problema for detectado precocemente, a vida da cadela não estará em perigo, desde que você faça o necessário o mais rápido possível. Nestes casos, que permanecem bastante raros, a cirurgia deve ser realizada e é até possível salvar os filhotes através de uma cesariana. lesões possíveis incluem gravidez ectópica (pequeno desenvolvimento no abdômen), torção uterina (que deve ser feito rapidamente), hérnia (constrição) do útero e supergestation (duas ninhadas de cada vez).

A alimentação da cadela grávida

Neste ponto, devemos realmente prestar atenção às necessidades nutricionais do cão e fazer uma mudança de dieta durante a gravidez, mas também durante o período de amamentação. De fato, as necessidades alimentares da futura mãe se tornam mais importantes, exigindo insumos energéticos mais ricos que devem ser divididos. A partir da quinta semana de gestação, recomenda-se aumentar a refeição normal em 10% por semana e os alimentos devem ter mais proteína (30% de proteína, no mínimo).

necessidades minerais são também aumentou e é necessário para corrigir as eventuais deficiências que a saúde filhotes não sofre:-lo comercialmente ou consultório veterinário de suplementos dietéticos projetados para esta finalidade. Se o seu cão costumava comer uma refeição por dia, é aconselhável dividir a nova ração em duas ou até três refeições. A compra de alimentos secos específico para cadela grávidas e lactantes é fortemente recomendada, mas você também pode enriquecer a dieta com alimentos naturalmente ricos em proteínas, como ovos, carnes de órgãos (fígado...) e produtos lácteos.

Vídeo: TUDO SOBRE GESTAÇÃO E PARTO DAS CADELAS.

Compartilhe Com Seus Amigos