Gilles Clément, Engenheiro Horticultor E Jardineiro Da Cultura Francesa

Gilles Clément

France Culture retransmitiu em 3 de novembro de 2016 a palestra inaugural de Gilles Cl√©ment, titular da C√°tedra de Cria√ß√£o Art√≠stica do College de France, intitulada "Jardins, Paisagem e Engenharia Natural", divulgada em 1¬ļ de dezembro de 2011. Sempre t√£o emocionante!

Gilles Clément

Gilles Cl√©ment √© um engenheiro de horticultura, que se chama de "jardineiro", ativista e comprometido, em vez de "paisagista". Ensina na Escola Nacional de Paisagismo de Versalhes (ENSP) e continua participando da cria√ß√£o de novas hortas e do desenvolvimento de projetos educacionais. Ele recebeu o Grande Pr√™mio da Paisagem em 1998, e n√≥s lhe devemos o jardim planet√°rio da Villette, o parque Andr√© Citro√ęn, os Jardins da Arca para a Defesa, o parque Matisse em Euralille, o jardim do castelo de Blois ou o jardim do Museu do Quai Branly, em particular... Ele tamb√©m √© autor de muitos livros.

O jardim de acordo com Gilles Clément

Hoje, onde ecologia e meio ambiente s√£o quest√Ķes globais reais, "O jardim n√£o √© ensinado, √© o professor", segundo Gilles Cl√©ment, j√° que √© o futuro do "jardim planet√°rio" e n√£o mais o √ļnico pequeno "jardim fechado". Precisamos redescobrir o "g√™nio da natureza", j√° que o jardineiro se tornou "respons√°vel pelos vivos", onde tudo √© mensagem e troca, de p√°ssaros a insetos e da terra ao ar ou √† √°gua.

Segundo Gilles Cl√©ment, o jardim tornou-se "o primeiro e √ļnico territ√≥rio onde o homem encontra a natureza onde os sonhos s√£o permitidos". Ele se pergunta: "Como intervir na obscura e invis√≠vel comunica√ß√£o f√≠sico-qu√≠mica das esp√©cies ao nosso redor? (...) A Internet biol√≥gica tem funcionado desde a aurora dos tempos. Qual √© o nosso lugar nessa gigantesca discuss√£o?"

E como muitos jardineiros sabem: "Nós não sabemos exatamente o que a semente dará, sabemos que nos surpreenderá." O jardineiro não se preocupa com o tempo, ele o acompanha.

(foto de Coyau / Wikimedia Commons, CC BY-SA 4.0)

Para ouvir de novo a cultura da França

Escrito por Nathalie em 14/11/2016

Vídeo: .

Compartilhe Com Seus Amigos