Hairballs Em Gatos: Descrição, Perigo, Soluções

O gato é um animal muito limpo, que passa muito tempo preparando-se para libertar a pele das impurezas e livrar-se dos cabelos mortos. No entanto, este comportamento, embora benéfico por muitas razões, pode por vezes provocar formação de bolas de pêlo no trato digestivo do gato, e assim induzem o vômito que pode tornar-se uma desvantagem quando são excessivos.

A longo prazo, eles podem até ser a causa de patologias se o problema não for suportado. Existem soluções para ajudar o gato a evacuar bolas de pêlo e evitar complicações. Descubra quais são os riscos para o seu gato e as nossas dicas de prevenção.

Hairballs em gatos: descrição, perigo, soluções

Os perigos para a saúde do seu gato

Quando o gato engole o cabelo enquanto o lambe, ele não será digerido e, portanto, se acumula dentro do trato digestivo no estômago e nos intestinos, o que pode ter o efeito de interromper o trânsito. trato intestinal ou causar distúrbios como diminuição do apetite, constipação, regurgitações freqüentes a doenças crônicas, etc.

O cabelo também pode irritar a garganta do gato, causando uma tosse seca ou engasgos que irão promover o vômito. Complicações relacionadas à excessiva ingurgitação do cabelo podem até mesmo ir a casos mais ou menos graves de obstrução ou obstrução intestinal, o que exigirá uma operação.

Raças arriscadas e fatores agravantes

Algumas raças de gatos estão predispostas a formar bolas de pêlo, especialmente gatos de pêlo comprido, como persa, Maine Coon, norueguês ou qualquer outra raça de angorá. Alguns gatos também exibem comportamentos compulsivos, como constantemente, que podem, obviamente, piorar o fenômeno.

Além disso, existem vários elementos externos que promovem a formação de bolas de pêlo em gatos: a dieta, é claro, mas também o modo de vida, a freqüência de escovação e tratamentos antiparasitários, pois a presença de parasitas como As pulgas causam coceira que fará com que o gato coça e lamba mais, por isso pode ingerir mais pêlos. Finalmente, gatos mais velhos são mais expostos porque o trânsito intestinal é mais lento, resultando em menos boa remoção de pêlos.

Soluções contra bolas de pêlo

A escovação diária é a melhor maneira de ajudar o gato a se livrar dos pêlos mortos e, assim, reduzir a quantidade de cabelos engolidos durante o banheiro. Lembre-se de pegar um pincel ou pente adaptado ao seu casaco; Os caranguejos também são muito eficazes em destacar o cabelo morto e têm a vantagem de não puxar a pele.

Se o seu gato tem cabelos compridos, pode ser interessante levá-lo a um profissional em intervalos regulares, especialmente se você não tiver tempo para escová-lo você mesmo todos os dias. Daí a importância de acostumar seu gato a ser manuseado desde tenra idade, então escovar será um prazer para ele. Uma dieta rica em fibras também ajuda a eliminar o cabelo ingerido pelo gato, por isso existem gamas de croquetes especiais para gatos angorá. As fibras permitem uma melhor evacuação do cabelo pelas selas.

Catnip e massa laxante

Para combater o acúmulo de pêlos e, portanto, a formação excessiva de bolas, o catnip é um remédio particularmente eficaz: essa planta, naturalmente consumida pelo gato, causará uma regurgitação que não é necessariamente muito agradável você tem a grande vantagem de "purgar" o estômago do gato. É uma ótima maneira de evacuar os cabelos engolidos.

Uma pasta laxante contendo um lubrificante intestinal também pode ser prescrita pelo veterinário para eliminar bolas de pêlo dentro do trato digestivo. Ao contrário da crença popular, dar-lhe óleo vegetal de gato não vai ajudá-la a eliminar o cabelo, mas é possível misturar com sua dieta habitual abobrinha cozida, que terá o efeito de promover o trânsito e assim o depilação. Por fim, há guloseimas à base de malte destinadas a evitar a formação de bolas no estômago, o que pode ser uma medida preventiva simples e prática.

Vídeo: .

Compartilhe Com Seus Amigos