Cavalinha, Gr√°fica E Decorativa

Prele japonês

Cavalinha é uma perene cheia de virtudes, mas muitas vezes invasiva nos jardins.

Mais atraente, o rabo de cavalo gigante no ritmo contemporainem√©rite de lugar em um canto √ļmido ou perto de uma fonte de √°gua.

Cavalinha vem direto da pr√©-hist√≥ria. Ela foi encontrada em f√≥sseis do Paleoz√≥ico e, naquela √©poca, ent√£o foi mais de 10 metros. Suas virtudes serviram medicina. Feito de 40% de s√≠lica, √© amplamente utilizado por sua propriedades diur√©ticas, remineralizantes e t√īnicas.

Ler também: faça bolsa de rabo de cavalo

Pés na água para cavalinha

Cavalinha gosta do mar, piscina ou pequeno lago, ou na sua falta na √°rea mais molhado do jardim, se o solo √© de argila ou areia. Tamb√©m pode ser instalado p√©s na √°gua, ao sol ou em sombra parcial. Ou ainda no pote, desde que seja regado com freq√ľ√™ncia.

Como o bambu√Č bastante invasiva, por isso √© melhor para definir seu escopo de desenvolvimento por uma cerca de pedra ou tijolo para cinq√ľenta cent√≠metros subterr√Ęneo. Uma solu√ß√£o mais simples pode ser a da planta em um grande zinco em um recipiente (balde, pequena m√°quina de lavar roupa, por exemplo) que est√£o enterrados. Al√©m disso, ser√° mais f√°cil manter o solo √ļmido.

Equisetum japonicum, o rabo de cavalo japonês

rabo de cavalo

Existem 25 variedades de cavalinha. O mais comum, aquele que cresce espontaneamente no jardim, é Equisetum arvense ou cavalinha (50 cm-80 cm), muitas vezes considerada uma ferida por jardineiros.

No entanto, √© uma curiosidade bot√Ęnica, dadas as suas origens distantes, e √© tamb√©m uma excelente fungicida, em decoc√ß√£o ou estrume de cavalinha.

ela parece um pouco de con√≠fera, ou melhor, para um ramo de con√≠feras. √Č uma planta perene com tra√ßado de rizoma. Ela n√£o tem nem flor, nem fruto, nem semente; ela se reproduz pelos seus esporos.

Muito mais atraente, Equisetum japonicum, encontrado em centros de jardinagem, tem um olhar contempor√Ęneo, muito gr√°fico.

Ela √© linda no jardim, mas tamb√©m na panela, na janela ou varanda, onde forma rapidamente uma verdadeira cortina de vegeta√ß√£o (60 cm a 1 m), que permanece verde durante todo o ano. Na primavera, nas hastes femininas aparecem orelhas esporangiais de um amarelo p√°lido, cujos espor√Ęngios s√£o espalhados pelo vento.

Marie Etavard

Vídeo: .

Compartilhe Com Seus Amigos