Como Cuidar Do Seu Gato Velho?

Conforme você envelhece, o gato se torna menos ativo e passa mais tempo dormindo. No entanto, garantir que ele tenha atividade física e mental regular, especialmente por meio de brincadeiras, é essencial para mantê-lo em forma.

Aumentar o acompanhamento do estado de sa√ļde tamb√©m √© necess√°rio, bem como a frequ√™ncia dos cuidados com a higiene e a escova√ß√£o, pois acontece que os gatos velhos n√£o fazem menos bem o banheiro. Aqui est√£o as nossas dicas para cuidar do seu gato mais velho e pontos para assistir.

Como cuidar do seu gato velho?

Com que idade é um gato "senior"?

Um gato √© considerado com idade entre 7 e 8 anos; n√£o entre em p√Ęnico, no entanto, ele ainda pode viver longos e belos anos! Com um bom cuidado veterin√°rio e um estilo de vida saud√°vel, um gato pode viver mais de 15 anos sem grande preocupa√ß√£o. No entanto, gatos velhos s√£o mais expostos a doen√ßas renais, hipertireoidismo, diabetes... √Č por isso que o papel do veterin√°rio √© essencial, como o seu, porque simples gestos e reflexos podem ajud√°-lo a acompanhar o seu companheiro velhice.

Preste aten√ß√£o especial √† sua sa√ļde, sua moral e qualquer comportamento incomum que possa ser um sinal de um dist√ļrbio f√≠sico ou mental: senilidade, desorienta√ß√£o, etc. Aumentar a vigil√Ęncia a partir dos 11 anos, a idade crucial em que o gato realmente come√ßa a envelhecer (chamado de limiar de senesc√™ncia), com potenciais consequ√™ncias em sua forma e habilidades.

Os sinais de envelhecimento em gatos

Alguns sinais n√£o enganam: sem ter que te alarmar, eles s√£o a prova de que o seu gato est√° a envelhecer. A primeira pista √© geralmente um casaco mais seco e mais ma√ßante, e √†s vezes uma perda de cabelo. Um cabelo sujo indica que o gato faz seu banheiro de forma mais sum√°ria, por falta de flexibilidade ou desmotiva√ß√£o. √Č aqui que a escova√ß√£o e os cuidados di√°rios com a higiene assumem sua import√Ęncia: limpar os olhos e ouvidos, etc.

A perda de peso pode revelar um enfraquecimento do sistema digestivo, sede intensa e desidratação, e o mau hálito pode ser um sinal de problemas dentários ou digestivos. Acontece que o gato velho perde o apetite, porque se sente menos bem cheiros ou tem dificuldade de mastigar: é possível estimulá-lo a comer aquecendo um pouco de comida ou substituindo os croquetes pelo comida molhada.

Seja sens√≠vel a todos esses pequenos detalhes que, colocados de ponta a ponta, podem prejudicar seu animal e priv√°-lo de sua vida. Membros retos e osteoartrite tamb√©m podem se desenvolver, portanto, tenha cuidado com seus movimentos para detectar as dificuldades de movimento: movimentos mais lentos e menos √°geis, saltos mais raros ou in√©rcia devido √† dor nas articula√ß√Ķes.

As necessidades do gato mais velho

O gato velho precisa de uma rotina, fundamental para a manuten√ß√£o de sua sa√ļde f√≠sica e moral. Um ritmo regular de vida pode reduzir o estresse, proporcionando um ambiente tranq√ľilizador. Ent√£o, d√™ refei√ß√Ķes em hor√°rios fixos e dedique pelo menos 15 a 20 minutos de jogo por dia.

Agende uma sess√£o de prepara√ß√£o semanal para estimular a circula√ß√£o sangu√≠nea e massagear as articula√ß√Ķes. Al√©m disso, esses momentos compartilhados com voc√™ s√£o muito ben√©ficos para a moral do seu gato velho. Outro aspecto importante √© o layout da sua casa para estimular ou facilitar o seu movimento: se o seu gato come√ßar a envelhecer, a instala√ß√£o de plataformas de jogos, ta√ßas altas, brinquedos suspensos pode ajudar a mant√™-lo ativo fisicamente. Pelo contr√°rio, se chegar ao fim da vida, considere tornar mais f√°cil o acesso √† comida e ao lixo.

Mude para uma caixa mais larga com bordas inferiores, se necessário, e considere o uso de uma caixa de areia na casa, se ela foi usada para o exterior. Instale uma cesta confortável e de fácil acesso, perto de um aquecedor, e evite-o as fontes de estresse: ruído, agitação, mudanças repentinas, festas...

Monitore a sa√ļde do seu gato idoso

Primeiro, √© aconselh√°vel aumentar as visitas de controle ao veterin√°rio a uma taxa de duas vezes por ano. Nestas ocasi√Ķes, lembre-se de informar ao seu m√©dico sobre quaisquer mudan√ßas comportamentais, como perda de apetite ou aumento da sede, dificuldade para comer, uma atitude deprimida ou prostrada, bolas que voc√™ teria notado sob sua pele... estes sinais podem alert√°-lo para o aparecimento de doen√ßas mais ou menos graves, problemas renais, tumores, etc. O veterin√°rio ser√° ent√£o capaz de realizar um diagn√≥stico precoce, que √© a chave para prevenir e tratar, o mais rapidamente poss√≠vel, problemas que possam afetar um gato mais velho.

Em casa, certifique-se de observar atentamente os olhos, as orelhas, o cabelo e a pele do seu animal de estima√ß√£o para se certificar de que n√£o est√£o anormais. Um acompanhamento semanal detectar√° qualquer anomalia para informar o veterin√°rio.Seja particularmente vigilante para o aparecimento de parasitas internos (worms) e externos (pulgas, carrapatos): este √ļltimo pode ser respons√°vel por algumas doen√ßas graves no gato velho. Finalmente, a inspe√ß√£o da boca e dos dentes √© outro ponto essencial, pois a forma√ß√£o da placa dental pode levar a complica√ß√Ķes como gengivite e requer descalcifica√ß√£o.

A dieta do gato idoso

√Č importante verificar se o seu gato velho bebe e se alimenta o suficiente. A dieta deve ser adequadamente selecionada e adaptada √†s suas necessidades: de fato, os gatos mais velhos s√£o menos ativos e seu metabolismo mais lento. Suas necessidades de energia s√£o, portanto, inferiores √†s de um gato de meia-idade. A fim de evitar o risco de obesidade, √© aconselh√°vel mudar para alimentos veterin√°rios para gatos e escolh√™-los de acordo com seu n√≠vel de atividade f√≠sica. Pe√ßa ao seu veterin√°rio conselhos sobre a linha de produtos certa e evite os alimentos industriais, que muitas vezes s√£o muito gordurosos e ricos em cereais.

Tamb√©m √© aconselh√°vel enriquecer a dieta com um suplemento de √°cidos graxos poliinsaturados (√Ēmega 3 e 6). Esses √°cidos graxos essenciais s√£o importantes para a sa√ļde da pele e dos cabelos e ajudam a prevenir certas condi√ß√Ķes inflamat√≥rias, como a osteoartrite. Eles tamb√©m s√£o ben√©ficos contra a insufici√™ncia renal, problemas card√≠acos e o desenvolvimento de tumores cancer√≠genos. Para este efeito, podemos fornecer suplementos alimentares em c√°psulas ou mesmo √≥leo de peixe: salm√£o, sardinha, cavala, √≥leo de f√≠gado de bacalhau em pequenas quantidades.

Compartilhe Com Seus Amigos