Flor De Lótus: Significado, Símbolo E História

A flor de lótus tem algo que é sagrado desde o começo dos tempos. Isto é verdade em muitas culturas e para diferentes lótus, embora o lótus da Índia, disse lótus sagrado ou lótus Médio também (Nelumbo nucifera) é muito mais cheio de simbolismo que lótus azul egípcio também chamado de lótus sagrado ou lírio de água azul (Nymphaea caerulea).

lótus das Índias, dizia lótus sagrado ou lótus oriental também (Nelumbo nucifera)

A história e o simbolismo das flores de lótus sagradas da Índia (Nelumbo nucifera)

O lótus indiano ou lótus sagrado (Nelumbo nucifera) é uma planta aquática da família Nélumbonacées, que é a flor nacional do Vietnã, mas também da Índia, incluindo o partido nacionalista do povo indiano (BJP). Este lótus oriental vem originalmente da Ásia e, provavelmente, mais particularmente do subcontinente indiano (Índia, Nepal, Paquistão, Bangladesh, Butão, Sri Lanka, Maldivas...). Ao contrário do nenúfar cuja flor flutua na água, a do lótus está acima da água, única entre todas as flores aquáticas.

Em religiões orientais como o Budismo eo Bramanismo, o lótus tem sido um símbolo divino, associada a deuses Vishnu "que o olho do lótus" e Brahma, mas também as deusas Lakshmi e Sarasvati. Além disso, embora o Buda seja sempre representado sentado, flores de lótus teriam florescido sob seus pés, enquanto caminhava, quando ele estava se movendo antes.

Brahma, Vishnu e Shiva

A partir desta ligação com as religiões, encontramos o lótus na arte indiana, assim como na sua arquitetura, nos templos, nos altares, onde é usado tanto como ornamento quanto como símbolo da oferenda religiosa.

O imaginário em torno do lótus é forte como o trono dos deuses nada mais é que uma flor de lótus de florescência, um aceno para o desenvolvimento da alma e do simbolismo associado é revelado também através da pureza do corpo, prosperidade, fertilidade, longevidade e até mesmo a eternidade da vida, devido à longa duração germinativa das sementes de lótus. A elevação com a leveza da flor que é colocada acima da água também é um símbolo forte. Tendo extraído os recursos de seu cumprimento na lama do sofrimento, o lótus floresce sobre a água como carma, levando à iluminação e à iluminação.

A posição do Lótus, escondendo os pés que não devem ser mostrados, com as pernas cruzadas, colocadas de modo que os joelhos lembrem as pétalas de uma flor de lótus, não está desvinculada da espiritualidade, já que é a Posição dominante da meditação budista e yoga hindu.

Na Índia, os homens são chamados Kamal e as mulheres, Kamala, porque em hindi significa "lótus", por extensão uma promessa espiritual benevolente.

Sul de Nova Deli, o Templo Lotus, monumento aberta a todas as crenças e religiões, especialmente dedicados à meditação, é uma obra arquitetônica em forma de flor de lótus, encomendado pela comunidade Baha'i, projetado pelo arquiteto O iraniano Fariborz Sahba e inaugurado em 1986, que desde então recebeu inúmeros prêmios.

Templo de Lótus

Na China, o lótus sagrado simboliza pureza e elegância, e é frequentemente mencionado na poesia chinesa do neoconfucionismo.

Desde que Portugal entregou Macau à China em 1999, a flor de lótus tornou-se o símbolo desta região administrativa especial, e encontra-se no brasão de armas como na bandeira.

Na América, é o lótus amarelo (Nelumbo lutea) que se encontra como planta aquática, também da família dos Nélumbonacées. É mais resistente e foi cultivado para o consumo alimentar de suas raízes, especialmente pelos ameríndios.

A história e o simbolismo das flores de lótus azuis egípcias (Nymphaea caerulea)

O lótus azul do Egito (Nymphaea caerulea), é também uma planta aquática perene, mas da família Nympheaceae, cuja flor flutua na água. Sua origem vem de uma ninfa que teria perdido a vida por inveja de Heracles. Este lírio azul, cuja origem no Egito é atribuída aos persas que o trouxeram até lá por volta de 500 aC, é ilustrado pelos hieróglifos egípcios nas capitais dos templos egípcios, nos afrescos. Nos túmulos, simboliza o renascimento, a reencarnação, por causa de suas flores que podem ser renovadas no início da manhã, após o desbotamento durante a noite.

 Lótus azul egípcio (Nymphaea caerulea)

Esta planta contém apomorfina, comumente conhecida como nuciferina, que tem sido usada há séculos por suas propriedades sedativas. Hoje, nós perfumamos chás que querem ser calmantes.

O significado da flor de lótus

Na linguagem das flores, a flor de lótus indiana representa sem surpresa, pureza e realização pessoal.

Vídeo: Significado da Flor de Lotus.

Compartilhe Com Seus Amigos