Linfoma Felino, C√Ęncer Comum Do Gato: Sintomas, Tratamento

O linfoma felino √© uma forma comum de c√Ęncer em gatos. Se sua progress√£o √© geralmente r√°pida e seu an√ļncio s√ļbito √© um choque, essa doen√ßa pode ser muito dif√≠cil de ser vivida pelo animal e por seus parentes. Quais s√£o as causas? Como identificar os sintomas? Qual tratamento considerar? N√≥s trazemos as respostas para suas perguntas neste arquivo completo.

Linfoma felino, c√Ęncer comum do gato: causas, sintomas, tratamento

O que é linfoma felino?

Linfoma felino √© um c√Ęncer da linfa. Mais especificamente, √© um tumor que afeta as c√©lulas linf√≥ides do gato. No entanto, as c√©lulas linf√≥ides est√£o presentes em quase todo o corpo, √≥rg√£os como o ba√ßo, f√≠gado, rins ou pulm√Ķes, tecidos como a pele, medula √≥ssea e at√© mesmo o sistema nervoso. Na verdade, a linfa √© um l√≠quido no corpo que banha os √≥rg√£os enquanto desempenha um papel vital no sistema imunol√≥gico do corpo.

Esta forma de c√Ęncer √© a mais prevalente entre os gatos. Distingue-se v√°rias formas, segundo os √≥rg√£os que toca.

  • Linfoma mediastinal: Esta forma de linfoma √© a mais comum. Diz respeito aos g√Ęnglios linf√°ticos (ou g√Ęnglios) presentes entre os pulm√Ķes, perto do cora√ß√£o.
  • O linfoma digestivo abdominal: Este tipo de linfoma afeta o trato digestivo, como o nome sugere, no est√īmago. Esta forma √© a segunda mais comum.
  • Linfoma renal: este linfoma ataca os rins do animal.
  • Linfoma de nervo: Neste caso, √© o sistema nervoso do gato que √© afetado por sua medula espinhal.
  • Linfoma nasofar√≠ngeo: tumores s√£o formados no n√≠vel do nariz.
  • Linfoma cut√Ęneo: neste caso, √© a epiderme que √© afetada e que √© coberta por p√°pulas, placas, n√≥dulos e / ou √ļlceras.
  • Linfoma Multic√™ntrico: Esta forma particular de linfoma afeta v√°rios √≥rg√£os de uma s√≥ vez.

A particularidade do linfoma reside no fato de que ele pode ser declarado de repente, sem razão, ou após uma infecção do animal pelo vírus da leucemia felina. A grande maioria desta doença afeta gatos adultos, relativamente velhos ou sofrendo de leucemia, ou gato da AIDS. No entanto, gatos jovens com leucose podem ser afetados.

Quais s√£o as causas do linfoma felino?

O linfoma √© uma doen√ßa chamada multifatorial, o que significa que resulta de v√°rios fatores. Assim, este tipo de doen√ßa s√ļbita, inexplic√°vel e de a√ß√£o r√°pida √© dif√≠cil tanto para o animal como para os seus propriet√°rios.

A dificuldade de isolar um fator de causa √© devido ao fato de que o linfoma felino √© o resultado de um dist√ļrbio do tipo celular, e n√£o o resultado de uma doen√ßa contagiosa.

No entanto, o vírus da leucose parece ser o fator mais comum. Neste caso, o gato está infectado com o vírus da leucemia felina, conhecido cientificamente como FeLV. Este tipo de vírus promove a formação de tumores.

O vírus da imunodeficiência felina (FIV), também conhecido como aids de gato, também é citado como causa da morte. De fato, estudos mostraram que um gato FIV + tem seis vezes mais chances de desenvolver linfoma, porque suas células imunológicas são diretamente afetadas pela doença.

Al√©m disso, outras causas poss√≠veis incluem exposi√ß√£o constante √† fuma√ßa de cigarro e outras formas de polui√ß√£o repetidamente, ou inflama√ß√£o cr√īnica do intestino do gato.

Quais s√£o os sintomas do linfoma felino?

Os sintomas do linfoma felino s√£o muito vari√°veis ‚Äč‚Äčde um sujeito para outro. Nem sempre √© f√°cil diagnosticar esse tipo de c√Ęncer, mesmo para um veterin√°rio experiente. No entanto, aqui est√° uma apresenta√ß√£o dos sintomas mais freq√ľentemente encontrados:

  • um grande cansa√ßo
  • uma perda de peso relativamente r√°pida,
  • diminui√ß√£o ou perda total de apetite, anorexia,
  • dist√ļrbios digestivos, v√īmitos, diarr√©ia sanguinolenta,
  • dificuldades respirat√≥rias, dispneia, espirros, forma√ß√£o de √ļlceras,
  • convuls√Ķes, paralisia do sistema nervoso,
  • desconforto ocular,
  • a forma√ß√£o de edema, placas, p√°pulas.

Infelizmente, quando os primeiros sintomas s√£o detectados, √© porque o c√Ęncer j√° est√° em geral muito avan√ßado. Neste caso, se o gato n√£o for tratado rapidamente, a evolu√ß√£o √© fatal para o animal. Sua sobreviv√™ncia √© ent√£o contada em dias ou semanas apenas.

Que diagnóstico e tratamento para o linfoma felino?

Se seu gato tem um ou mais destes sintomas, √© imperativo consultar seu veterin√°rio o mais rapidamente poss√≠vel. No entanto, identificar a doen√ßa n√£o √© f√°cil, porque esses sintomas s√£o comuns a outras condi√ß√Ķes.

Como diagnosticar o linfoma felino?

O veterin√°rio come√ßar√° com um exame cl√≠nico do seu animal de estima√ß√£o. Liste os sintomas que voc√™ observa para facilitar suas conclus√Ķes. Ele ser√° ent√£o respons√°vel por determinar os v√°rios exames que ele ter√° que praticar para fazer o diagn√≥stico correto. Pode, em particular testes de rastreio prescrever para FeLV (feline leucemia) e FIV (leucemia ou gato SIDA), trabalho de sangue arterial e do tipo de exames de imagiologia de ultra-sons ou radiografia.

Posteriormente, ele irá verificar o seu diagnóstico através da realização de uma análise de amostras de tecidos infectados para detectar a presença de células tumorais linfóides.

Como tratar o linfoma do gato?

O linfoma √© uma doen√ßa s√ļbita e imprevis√≠vel. Porque os sintomas s√£o de in√≠cio tardio, o c√Ęncer geralmente √© muito avan√ßado quando os donos de gatos consultam o veterin√°rio. O an√ļncio do diagn√≥stico √© um choque. No entanto, apesar das dificuldades que esse choque traz, √© importante superar as emo√ß√Ķes para agir apropriadamente e tomar a decis√£o certa.

Faça todas as suas perguntas ao seu veterinário. Esta é a melhor maneira de entender a doença que afeta seu animal de estimação e entender seus efeitos e impacto em seu gato, sua casa e sua vida diária. Não hesite em consultar também a opinião de um oncologista veterinário; Seu veterinário regular pode lhe dar o contato de um de seus colegas para entender melhor a doença e receber uma segunda opinião.

No entanto, a gestão da doença depende de vários factores, tais como a idade e condição geral do animal, a localização do tumor e a sua progressão.

Existem v√°rios tratamentos. Especialmente cirurgia, mas tamb√©m quimioterapia, radioterapia ou imunoterapia. Cada op√ß√£o ter√° efeitos variados que podem ser apresentados a voc√™ pelo veterin√°rio. A quimioterapia pode diminuir muito a doen√ßa, mas esse tipo de c√Ęncer √© muito dif√≠cil de curar. Existem v√°rios protocolos e s√£o mais ou menos adequados dependendo da idade e localiza√ß√£o do (s) tumor (es). Al√©m disso, os efeitos colaterais podem ser muito dif√≠ceis de se conviver (v√īmitos, anorexia, insufici√™ncia renal, etc.).

Infelizmente, um gato com linfoma felino pode esperar sobreviver entre 2 meses e 2 anos.

V√≠deo: C√āNCER EM GATOS - Fique atento - Gatil Hauser.

Compartilhe Com Seus Amigos