Pizz'Tartiflette

pizza tartiflette

Terrivelmente gananciosa, esta pizza tartiflette é uma receita fácil e rápida de fazer.

Ingredientes para 4 pessoas:

  • 240 g de massa de pizza
  • 25 g de manteiga
  • 1 colher de sopa. colher de sopa de √≥leo
  • 2 fatias de bacon defumado (0,5 cm de espessura)
  • 2 cebolas
  • 1 dente de alho
  • Creme grosso de 20 cl
  • 250 g de batatas
  • 250 g de reblochon

Pizz'tartiflette: pizza com tartiflette

- Lave a pele e coloque as batatas em água salgada gelada. Deixe ferver e cozinhe até ficar macio. Descasque e corte em tiras.

- Descasque, lave e fatie cebolas.

- Descasque, lave, deglaze e pique o alho.

- Corte o reblochon em fatias e bacon em bacon.

- Aqueça o azeite em uma panela, frite o bacon por 3 a 4 minutos. Remova-os. Na frigideira, adicione a manteiga, cebola e alho. Misture por 5 a 6 minutos em fogo médio.

Pr√©-aque√ßa o forno a 250¬į C (th.8).

- Cortar c√≠rculos (ou ret√Ęngulos) de massa de pizza com cerca de 10 cent√≠metros de di√Ęmetro. Organize-os em uma assadeira coberta com papel manteiga. Espalhe 1 colher de sopa de creme em cada c√≠rculo. Cubra com batatas fatiadas e espalhe o conte√ļdo da panela. Cubra com o reblochon. Asse e cozinhe por 10 minutos.

- Coloque 1 colher de ch√° de creme em cada pizza e sirva imediatamente!

B.A.ba do chef

- A pizza √© uma receita t√≠pica das culturas da bacia do Mediterr√Ęneo. Salgado ou doce, a pizza encantou jovens e idosos. Pense em incorporar legumes! Uma boa dica para torn√°-los apetitosos aos olhos das crian√ßas.

- Reblochon pode ser substituído por Munster, Livarot ou até mesmo brie. Atreva-se a integrar as fatias de pêra ou marmelo!

Lado da adega:

A pizza tem o dom de se adaptar a todas as culturas, √© uma vers√£o alpina que √© proposta aqui, pela sua cruz com a famosa tartiflette, prato revigorante e inverno longe da express√£o mediterr√Ęnica e ver√£o ao qual um est√° acostumado Aqui, nada de tomate, exceto batatas, nada de anchovas, mas bacon defumado e queijo, Reblochon. A maciez e a suavidade do conjunto pedem vinhos com uma acidez sustentada que traga, pela sua frescura, leveza e digestibilidade ao todo. Pensamos, √© claro, em um Apremont para um acordo alpino; na mesma dire√ß√£o, mas com um car√°ter mais suave, tamb√©m podemos escolher uma variedade de uvas Loire da casta Chenin, como a Anjou blanc. Quanto aos vinhos tintos, se voc√™ quiser trazer um contraste arom√°tico, voc√™ vai preferir a gamay frutada da costa de Roanne, enquanto uma Touraine-Mesland, com suas notas esfuma√ßadas, vai mais na dire√ß√£o do prato.

M. Chassin

Receita: T. Bryone, foto: C. Herlédan

Compartilhe Com Seus Amigos