Plantar Perenes

Plantar perenes

Longa (e injustamente) denegrida por paisagistas, perenes voltam hoje ao gosto do dia e s√£o reconhecidos pelo seu verdadeiro valor. Tendo uma grande capacidade de ocupar espa√ßo e cobrir o solo, as plantas perenes tamb√©m oferecem uma ampla gama de cores, flores, formas, mas tamb√©m texturas e fragr√Ęncias. Bom CV n√£o √©? Mas a prop√≥sito, o que voc√™ chama de "perenes"? Perenes (ou perenes) s√£o definidos como plantas que vivem por muitos anos, florescendo a cada nova esta√ß√£o. Plantas perenes s√£o herb√°ceas, ou seja, suas partes a√©reas secam no per√≠odo de outono. Apenas as cepas permanecem e ficam dormentes durante o inverno. Por exemplo, entre os mais comuns est√£o tremo√ßos, campanulas, cravos ou helianthes.

Dado o potencial decorativo destas plantas, seria uma pena privá-las, especialmente porque o seu plantio é relativamente simples.

Preparação do solo para o plantio de plantas perenes

Um estágio de plantio perene já está aumentando o trabalho de setembro no jardim. Você precisará cavar e soltar o solo, enriquecendo-o com composto, a uma taxa de um balde por metro quadrado. O fato de fazer esse período permitirá que o solo tenha tempo para descansar.

Pouco antes do plantio, ajustes finais serão necessários. Pequenos aglomerados de terra provavelmente se formaram na superfície do solo. Quebre-os enquanto pisoteia o chão regularmente. Cubra levemente com o solo de estrume verde, que você vai espalhar e incorporar muito levemente com um ancinho.

Plantar perenes

Estamos na primavera, o grande dia finalmente chegou. Você será capaz de se mover para plantar suas plantas no solo previamente preparado. Plantar plantas perenes neste momento não é obrigatório, mas ainda é a melhor garantia de qualidade para a vegetação futura. Somente plantas envasadas podem ser plantadas a qualquer momento (contanto que os períodos em que o solo é congelado ou saturado com água sejam evitados). Além disso, para uma planta se instalar bem no solo, é melhor proceder quando o tempo está nublado e a água até o verão.

Naquela época, a superfície foi valentemente afrouxada há alguns meses. Desenhe alguns marcos para definir a localização de suas plantas. Para uma melhor organização, deixe o centro para sair. Além disso, certifique-se de manter espaçamento suficiente para que as plantas não tenham que lutar por comida e espaço vital. Em seguida, elimine os assuntos para seus respectivos lugares.

Para pequenos aglomerados, uma pequena p√° deve ser suficiente para a forma√ß√£o do buraco. Cavar uma cavidade circular um pouco maior e mais profunda do que as medidas da raiz, para que a planta n√£o sufoque. Em seguida, coloque os torr√Ķes no centro do buraco e cubra as ra√≠zes da terra enquanto as ventila. Finalmente, reajuste a planta de modo que fique bem no centro do furo. Em seguida, aperte a terra com as m√£os, enquanto trazendo de volta sobre as ra√≠zes. Traga uma pequena p√° e arrume uma esp√©cie de pequena tigela (cerca de 3cm de profundidade) ao redor do p√©, o que permitir√° que a planta fique fresca por mais tempo e fique mais hidratada depois de muito tempo. rega.

Para pés maiores, você precisará trazer uma pá. Sim, quanto maior a planta, maior o esforço (mas o jardineiro corajoso que você é vai parar em nada, não é!). Equipado com sua nova ferramenta, faça um buraco com um volume duas vezes o tamanho das raízes (e além disso você tem que fazer matemática...). Em seguida, coloque o seu monte no centro e cubra com o solo. Pack bem e o trabalho está feito!

Vídeo: 20 flores para ter no seu jardim.

Compartilhe Com Seus Amigos