A Podridão Da Raiz Ou Armilar: Como Tratá-Los?

A podridão radicular, também chamada de armilar (Armillaria mellea) é um cogumelo de cor ocre característica que se desenvolve na base da árvore: por causa de sua cor, é chamado de armilar de cor de mel, mas às vezes pode ser o armillaria de Ostoya (Armillaria ostoyae) de cor mais escura. Esta doença da raiz criptogâmica é grave, uma vez que os remédios são inexistentes.

Podridão da raiz de armillary (Armillaria mellea) é um fungo

Sintomas de podridão radicular

Durante o verão, quando a folhagem das árvores está em plena vegetação, começa a amarelar, a corar, a murchar e a murchar, mesmo que a árvore dê frutos.

A casca das raízes ou base do tronco se desprende facilmente, escondendo-se sob as placas brancas do micélio formando filamentos quase fosforescentes (rizomórficos) e emitindo um odor de cogumelo.

Então, chegando o outono, cachos de cogumelos ocre, cor de mel, frutificam em tufos como uma coroa ao pé de velhas árvores e tensões ao redor. O chapéu castanho amarelado com ocre claro tem as folhas decorrentes passando rapidamente de creme para castanho; seu pé muito fibroso e resistente é soldado na base com as outras pernas do tufo, ele carrega um amplo anel esbranquiçado. Eles podem atingir 15 ou 20 cm de comprimento.

Presente no solo, o fungo, atacando as raízes, irá destruí-las, apodrecê-las e assim evitar qualquer fluxo de seiva, o que inevitavelmente levará à morte da árvore.

Plantas afetadas pela podridão radicular ou armillaria

Podridão de raiz ou armillaria não são doenças que afetam todas as plantas ou todas as plantas, mas as mais suscetíveis a este fungo são:

  • árvores frutíferas de todos os tipos: maçã, pêssego, pêra, damasco, cereja, oliveira, nogueira, videira...
  • Arbustos ornamentais e plantas de escalada: rododendro, buxo, glicínias, lilás, rosa, privet...
  • Árvores ornamentais: carvalho, castanha, bétula, choupo, maple...
  • perenes lenhosas: jasmim, lavanda...

Como evitar armillaria ou podridão de raiz?

Você deve saber que as plantas saudáveis ​​serão mais capazes de se defender contra a podridão da raiz do que as árvores enfraquecidas por um ambiente muito rico e excessivamente úmido: portanto, não regue repetidamente e excessivamente suas árvores e arbustos. Não enfraqueça-os ferindo-os, pois qualquer corte será um viés para que as doenças e os cogumelos interfiram e se desenvolvam.

A prevenção da podridão radicular não é simples e pode parecer radical, uma vez que consiste em não replantar árvores lenhosas, onde você removeu uma árvore morta das axilas.

podridão de raiz ou armillaria (Armillaria mellea)

Como tratar a podridão da raiz e se livrar de Armillaria

Quando tufos armilares, às vezes enormes, aparecem na base de madeiras vivas, ou mortos em outros lugares, sua propagação por esporos não pode ser evitada.

Na ausência de tratamento efetivo, somente o desenraizamento da planta afetada, acompanhado de remoção do coto, remoção completa e completa da raiz, especialmente em solos pesados, deve ser realizada. Ainda será necessário remover o solo em que as raízes foram instaladas e destruir todos os fungos que se desenvolveram ao redor.

Deixando o solo escancarado, no ar e recebendo os raios solares, você ajudará a limpá-lo, já que essas não são as condições de vida necessárias para os cogumelos.

Compartilhe Com Seus Amigos