Rush (Juncus), Um Nome Para Muitas Plantas

A corrida dispersa (Juncus effusus) é mais conhecido pela sua variedade espiral (Juncus effusus 'Spiralis'daí seu nome atual de corrida em espiral, corrida tortuosa ou pulseira difusa. Esta é apenas uma das 300 espécies perenes herbáceas pertencentes ao gênero Juncus embora na linguagem comum, outras plantas chamadas "rush" pertencem a outros gêneros: cane de Provence ou rush comum (Arundo donax), corrida de floração (Butomus umbellatus), rush das dunas ou oyat (Ammophila arenaria), etc.

Corrida esparsa (Juncus effusus)

Os bast√Ķes de bast√£o espalhados s√£o cil√≠ndricos, s√≥lidos e n√£o t√™m n√≥s, eles s√£o √†s vezes espirais. As folhas s√£o pequenas e finas, muitas vezes reduzidas a bainhas basais.

No verão, pequenas flores verdes ou marrons, com 6 tepals, agrupadas em cymes, se desenvolvem, o que distingue a correria de gramíneas e ciperáceas. Frutos secos, como pequenas cápsulas, aparecem, disseminados pela água e passando por animais. Seu rastreamento de rizomas também permite que ele se desenvolva enquanto fortalece a força dos bancos. As espécies podem se tornar invasivas, tenha cuidado!

Os juncos, particularmente resistentes (-30¬į C), crescem principalmente em zonas h√ļmidas, perto de valas, p√Ęntanos, lagoas, em regi√Ķes temperadas em todo o mundo.

Na borda da √°gua, a corrida dispersa permite que toda uma fauna aqu√°tica encontre ref√ļgio, e seus caules tamb√©m s√£o usados ‚Äč‚Äčpara fazer tocas e ninhos, especialmente no toco.

  • Fam√≠lia: Juncac√©es
  • Tipo: perene
  • Origem: Europa, √Āsia, Am√©rica do Norte
  • Cor: esverdeada a marrom
  • Sementeira: n√£o
  • Corte: n√£o
  • Plantio: primavera
  • Flora√ß√£o: maio a setembro
  • Altura: 40 a 60 cm

Piso ideal e exposição para a correria

A corrida dispersa √© cultivada ao sol ou sombra parcial em solo argiloso, pesado e √ļmido, sob 10 cm de √°gua (at√© o pesco√ßo).

Data de divis√£o e plantio da corrida

A multiplicação é feita por divisão de topetes entre março e junho.

Conselho de manutenção e cultura da pressa

A haste em espiral não requer manutenção, exceto a remoção das hastes secas. Para evitar que ele se torne muito invasivo, é aconselhável cortar as flores do junco, para que as sementes não se espalhem.

Colheita, conservação e uso da correria

Você será capaz de usar as hastes que você vai secar para integrar buquês secos. No Japão, as hastes secas são usadas para fazer as solas de sandálias e tatames.

Doenças, pragas e parasitas da correria

A corrida não conhece doenças e não tem ataques de parasitas.

Localização e associação favorável da corrida

√Č uma planta cultivada √† beira de uma lagoa ou lagoa, preferencialmente em vasos para evitar que os rizomas invadam. Ele ir√° se associar muito bem com outras plantas da lagoa.

corrida em espiral ou tortuosa (Juncus effusus spiralis)

Variedades recomendadas de junco para plantio no jardim

Existem cerca de 300 espécies de juncos e muitas cultivares com hastes enroladas ou variegadas para desenvolver as forças ornamentais, como é o caso da haste em espiral (Juncus efusus var. spiralis) na foto acima.

Entre as muitas espécies de juncos, vamos citar Juncus articulus (80 cm) com folhas planas semi-rastejantes e articuladas, Juncus inflexus 'afro' (60cm) que parece Juncus efusus var. spiralis mas de uma cor azul verde opaca...

(Créditos Fotográficos 1: Instituto de Pesquisa de Peixes e Vida Selvagem da FWC - CC BY-NC-ND 2.0 e Foto 2: Serge Gosselin - CC BY-NC-ND 2.0)

Compartilhe Com Seus Amigos