Tamanho De Manutenção Da Videira

Tamanho de manutenção da videira

A videira é uma planta muito robusta que se desenvolve com tanto vigor. Tal crescimento requer uma manutenção muito regular dividida em várias intervenções a serem realizadas em uma ordem específica.

Primeiro de tudo vem o afinamento de frutas que consiste em eliminar o excesso de brotos. Quando sabemos que uma filmagem não tem lugar? Não é muito complicado, basta saber contar até 2. Cada courson deve, de fato, carregar apenas 2 botões, um destinado a tornar-se frutífero, o outro a ser substituído. Cortar flush todos os rejeitos medindo entre 6 e 10cm.

De modo que sua videira mantenha uma silhueta equilibrada, remova igualmente todas as partidas empurrando entre 2 coursons.

o beliscar, que é praticado em junho, consiste em limitar o crescimento de brotos em comprimento. Os brotos de replantio devem ser beliscados após a floração até 50 cm de comprimento, o que lhes permitirá ser mais forte e mais vigoroso. Ramos frutíferos devem ser beliscados antes da floração, duas folhas acima do segundo cacho, eles serão mais produtivos. Você pode ao mesmo tempo eliminar os tentáculos que se desenvolvem nos ramos frutíferos, que se tornarão problemáticos durante o inverno.

Então vem o trellising. Os brotos mantidos devem ser treliçados para serem agarrados corretamente à armação, e assim aproveitar ao máximo o sol. Para que as uvas tenham as melhores condições possíveis, é prático colocar os frutíferos na primeira linha e depois adaptar a posição dos substitutos de modo a não sombrear os cachos de uvas.

Finalmente, quando chega o final do verão, um mês antes do amadurecimento dos frutos, é hora de descascamento. Consiste na remoção de todas as folhas que escondem os cachos do sol. A decapagem deve ser feita gradualmente e com moderação. Uvas com uma epiderme muito fina e a exposição à luz solar podem queimá-las profundamente.

Vídeo: Globo Rural - Saiba como formar cachos nas videiras com mais eficiência.mp4.

Compartilhe Com Seus Amigos