O Carrapato: Picadas Que Causam A Doença De Lyme

carrapato feminino

O carrapatoIxodida) pertence aos √°caros. Ela vive na natureza no final das folhas, l√Ęminas de grama ou caules de v√°rias plantas, esperando para deslizar sobre o corpo de um animal ou um homem que pasta, para se alimentar seu sangue atrav√©s de uma mordida que pode ser um vetor da doen√ßa de Lyme em humanos.

O carrapato: carteira de identidade

Os carrapatos mais freq√ľentemente encontrados, na Fran√ßa e na Europa, s√£o Ixodes ricinus. Eles s√£o bastante vari√°veis ‚Äč‚Äčem tamanho, mas geralmente medem entre 3 e 6 mm com um corpo oval de cor geralmente escura ou mesmo preta, mas vari√°vel, e uma cabe√ßa que ostenta um rostro, isto √©, um bocal alongado destinado a perfurar e sugar o sangue, com dois cheliceres, tipos de alicates. Por outro lado, o carrapato n√£o tem olhos, mas tem outros √≥rg√£os que desempenham pap√©is sensoriais, particularmente em termos de higrometria. Tem 8 pernas que permitem que ele se mova em qualquer superf√≠cie.

Carrapatos vivem ao n√≠vel do solo e em vegeta√ß√£o baixa, em gram√≠neas, bosques, florestas, sebes e √°reas de ca√ßa em que o jogo se prolifera, carregando carrapatos. Eles preferem √°reas sombreadas e espa√ßos √ļmidos porque precisam de umidade, que tamb√©m encontram via orvalho. Eles vivem solit√°rios, n√£o em col√īnias, mesmo que os lugares que lhes conv√™m naturalmente concentrem mais carrapatos. Primavera (maio e junho) e outono (setembro e outubro) s√£o os per√≠odos mais prov√°veis ‚Äč‚Äčpara picadas de carrapatos.

A reprodu√ß√£o do carrapato come√ßa com o acasalamento de adultos - macho e f√™mea - ap√≥s o qual o primeiro morre enquanto o segundo se deita antes de morrer tamb√©m. O n√ļmero de ovos pode ser muito grande (v√°rios milhares), mas felizmente nem todos se tornar√£o adultos. Eles v√£o chocar e dar larvas, que se transformar√£o em ninfas antes de se tornarem adultos. Em cada est√°gio - larva, ninfa, adulto - o carrapato √© perigoso porque perfura o sangue para o animal ou para o homem a partir do est√°gio de larva.

Sua comida é limitada ao sangue dos hospedeiros em que os carrapatos decidem beber: pode ser todos os mamíferos selvagens (veados, javalis...), reprodutores e animais de estimação (cães...), mas também pássaros. ou répteis. O carrapato pode se mover sobre o corpo de seu hospedeiro sem percebê-lo, a fim de encontrar o local "ideal" (virilha, axila, dobra do joelho, genitais, couro cabeludo): ele então dirigirá seu rostro depositando uma espécie de saliva anestésica que torna a picada indolor e imperceptível.

O carrapato feminino é o mais formidável porque é sangrento colocar um máximo de ovos (foto abaixo). Quando a refeição termina, os carrapatos perdem o apoio, mas podem ficar até uma semana! Quanto mais tempo permanecer, maior o risco de transmissão da doença.

Os predadores naturais de carrapatos são nematóides, microrganismos, aves, répteis e todos os tipos de animais insetívoros que podem delous.

Os riscos de picadas de carrapatos

carrapato fêmea com sangue

Em todos os lugares, a densidade de carrapatos aumenta, bem como a sua distribui√ß√£o, que √© tra√ßada nas √°reas onde a doen√ßa de Lyme √© declarada. O aquecimento global, a urbaniza√ß√£o, a consolida√ß√£o da terra, o movimento facilitado de humanos e animais e os inseticidas que matam popula√ß√Ķes de predadores inset√≠voros de carrapatos podem explicar parcialmente esse fen√īmeno.

Carrapatos carregam bactérias e vírus que podem potencialmente transmitir muitas doenças, incluindo:

  • Doen√ßa de Lyme transmitido pelas bact√©rias Borrella que transportam 10 a 30% dos carrapatos, sabendo que os riscos de infec√ß√£o s√£o proporcionais √† dura√ß√£o da fixa√ß√£o do carrapato no corpo. No m√™s m√°ximo ap√≥s a picada, um eritema migrat√≥rio, isto √©, uma placa vermelha inflamat√≥ria que se espalhar√° gradualmente, se desenvolve em torno do ponto de ancoragem do carrapato e desaparece em algumas semanas. Se esses sintomas ocorrerem, consulte o seu m√©dico, pois os antibi√≥ticos devem ser prescritos; Se este for o caso, voc√™ corre o risco de desenvolver problemas de pele, articula√ß√Ķes, cora√ß√£o e / ou neurol√≥gicos nos meses ou at√© mesmo anos seguintes.
  • encefalite transmitida por carrapatos transmitida pelo v√≠rus TBF, cujos primeiros sintomas assemelham-se aos da gripe, antes de chegar aos √≥rg√£os neurol√≥gicos, o que requer hospitaliza√ß√£o.
  • a febre febril do Mediterr√Ęneo transmitido por um v√≠rus. √Č a doen√ßa menos grave porque √© tratada sozinha e os sintomas desaparecem por conta pr√≥pria.

Al√©m da vacina que existe contra a encefalite para pessoas em risco, cobrir com roupas leves, colocar sapatos fechados e possivelmente aplicar um repelente de pele menos eficaz nas partes expostas s√£o as √ļnicas formas de se proteger das picadas de carrapatos..

Como remover um carrapato?

Ao retornar de uma caminhada na floresta, reserve um tempo para fazer uma inspe√ß√£o detalhada do seu corpo para remover os carrapatos se detectar algum. Tome precau√ß√Ķes porque o rostro √© inserido na pele! Se voc√™ viu um carrapato, siga estas dicas:

  • N√£o aplique qualquer desinfetante ou produto que possa perturbar o carrapato.
  • obter um ticker em uma farm√°cia com o qual voc√™ vai pendurar o carrapato o mais pr√≥ximo poss√≠vel da pele e puxe com firmeza em um movimento circular. Voc√™ tamb√©m pode usar uma pin√ßa ou pedir ao farmac√™utico para fazer isso.
  • desinfete com um produto anti-s√©ptico.
  • observe a evolu√ß√£o da pele neste local que deve perder toda a vermelhid√£o em poucos dias. Se este n√£o for o caso, consulte o seu m√©dico.

Vídeo: DOENÇA DE LYME EM HUMANOS.

Compartilhe Com Seus Amigos