Faça Mudas De Interior / Faça Mudas Quentes

mudas de interior

Título: Fazendo mudas dentro de casa / Fazendo mudas quentes

No final do inverno, começa a temporada de plantio. Escolher o material certo e conhecer as condições ideais é essencial para que as mudas bem sucedidas sejam transplantadas no jardim ou em contêineres.

As principais vantagens da semeadura no abrigo são permitir a germinação e proteger as plântulas do frio quando as temperaturas ainda não estão ótimas. Com este método você economizará tempo em floração e colheita!

Que material para uma muda segura?

Recipientes

O método mais tradicional é o de plantar terrina ou caixa, com a variante 'mini estufa' para plantas que requerem um calor de fundo constante.

As placas em forma de favos são muito práticas e econômicas porque permitem semear uma única semente por célula e transplantá-las rapidamente.

Os baldes de turfa têm a vantagem de poder ser plantados diretamente no solo no momento do plantio.

O substrato

O substrato deve ser leve e drenado para semeadura. Existem barreiras específicas, mas você também pode compor sua mistura com um composto de horticultura e areia de rio. Dica: Adicione um pouco de pó de carvão à mistura para controlar várias doenças fúngicas, como amortecimento.

Pense também no leito de drenagem feito de bolas de barro, cascalho ou perlita para drenar o fundo de seus recipientes.

Rótulos

Importante etapa final, não esqueça de anotar nos rótulos as variedades semeadas e a data de semeadura para poder encontrá-lo lá.

As condições essenciais

No interior, seja uma semeadura na varanda, um jardim de inverno, uma estufa ou mesmo uma casa, a temperatura deve permanecer constante durante a germinação.

Dependendo das plantas, um simples abrigo de gelo pode ser suficiente, para outros, como tomates, melões ou plantas tropicais, é necessário um calor entre 18 e 24° C.

  • Uma boa luz é essencial para que as mudas cresçam bem e cresçam sem murchar.
  • Fornecer um local muito brilhante, mas sem sol direto para suas mudas, sob pena de ver queimaduras nas folhas jovens.
  • A rega é essencial para garantir um bom começo das mudas.

O substrato deve permanecer um pouco úmido permanentemente, mas nunca encharcado com o risco de ver sua podridão de plântulas!

O bom período

A plantação interna geralmente é feita a partir do final do inverno até o início da primavera, em vegetais (tomates, cucurbitáceas, pimentões ou beringelas) e ornamentais anuais frias (zínias, cravos, cosmos, etc.)..).

Plantas perenes, como achillées, gauras, cynopsis ou heucheres, são semeadas em fevereiro, para serem colocadas no jardim no outono.

Plantas bienais, como amores-perfeitos, flores-de-parede e muitas outras, são semeadas no final do verão ou no início do outono para serem mantidas no abrigo e plantadas na primavera seguinte.

Semeadura bem sucedida

Aqui estão algumas chaves para plantar com sucesso no abrigo. Primeiro, forneça uma camada de drenagem no fundo do recipiente. Em seguida, compacte bem o substrato antes de separar as sementes para evitar uma sementeira muito forte.

Cobrir apenas com uma camada fina de substrato (cerca de duas vezes o tamanho da semente) para não sufocar as sementes.

Finalmente, umedecer as mudas jovens por nebulização, usando um spray, para não mover as sementes.

Em parceria com a Hydrozone.fr

Direitos de Autor: F.Marre - Rustica

Legenda da foto: Em uma estufa, plante as mudas no inverno para transplantá-las no jardim na primavera.

Vídeo: MUDAS DE UVA COMO FAZER DE FORMA CORRETA, PLANTAR EM CASA.

Compartilhe Com Seus Amigos