Desmame Do Gatinho: Com Que Idade? Como Proceder?

Um passo essencial na vida do gato, o desmame √© o per√≠odo de transi√ß√£o entre a total depend√™ncia da m√£e e as primeiras formas de independ√™ncia. √Č importante respeit√°-lo porque condiciona o resto da vida do gatinho.

Desmame do gatinho: com que idade? como proceder?

Com que idade est√° desmamando o gatinho?

A partir da 3¬™ ou 4¬™ semana ap√≥s o nascimento dos filhotes, a m√£e aceita mais dificilmente a alimenta√ß√£o; ela come√ßa a evitar seus filhos refugiando-se em lugares que lhes s√£o dif√≠ceis de acessar. √Č neste momento que os dentes de leite come√ßam a aparecer. √Č um bom momento para ensinar gatinhos a descobrir a comida da m√£e. Este √ļltimo ainda pode alimentar at√© as 8 semanas de gatinhos, mas acaba repelindo depois de 2 meses. Alternar com uma dieta s√≥lida durante este per√≠odo de transi√ß√£o pode aliviar a m√£e e gradualmente acostumar os gatinhos ao desmame.

A retirada em si marca o come√ßo da independ√™ncia do gato. Nas primeiras quatro semanas de vida, o gatinho bebe apenas leite e dorme a maior parte do dia. √Č somente a partir do come√ßo de seu segundo m√™s de exist√™ncia que ele come√ßa a despertar e explorar seu ambiente. Passa do leite materno ou f√≥rmula, uma dieta l√≠quida, para uma forma de alimento s√≥lido, como croquetes croquete. Este per√≠odo de transi√ß√£o permite ao gatinho se preparar para a independ√™ncia e aliviar pouco a pouco a m√£e, porque a alimenta√ß√£o requer muita energia, especialmente se o escopo for grande.

O desmame é um passo essencial que deve ser respeitado. Não deve ser iniciado antes de quatro semanas e é importante ter o tempo necessário para a sua realização bem sucedida, cerca de um mês.

Como proceder com o desmame do gatinho?

O desmame √© um passo essencial na vida de um gato. Mal feito, pode ter conseq√ľ√™ncias significativas na vida adulta, mesmo colocando em risco a sobreviv√™ncia da pessoa. Portanto, √© imperativo seguir o processo e acompanh√°-lo pacientemente.

Os est√°gios do desmame na vida do gatinho

Para um desmame bem sucedido, é importante conhecer as diferentes etapas que constituem a evolução do gatinho nos estágios iniciais de sua vida.

  • No final da 3¬™ semana, os dentes de leite do gatinho come√ßam a se formar. Ele est√° pronto para a descoberta de um alimento seco.
  • Entre a 4¬™ e a 5¬™ semana, o crescimento do gatinho √© retardado devido √† transi√ß√£o. Na verdade, ele consome menos energia de sua m√£e e ele n√£o come comida s√≥lida suficiente para superar a falta. Este √© o come√ßo do per√≠odo da vitoria.
  • Na 5¬™ semana, a m√£e desiste de sua ninhada e lhe d√° pouco tempo. Ela n√£o √© mais capaz de atender √†s necessidades nutricionais de seus gatinhos. Este passo permite que seus filhos se preparem para a autonomia. √Äs vezes, no caso de ninhadas reduzidas; a m√£e pode amamentar seus filhotes de uma a duas semanas a mais.
  • Por volta da semana 7, o crescimento dos filhotes continua, pois ingerem alimentos s√≥lidos suficientes para suprir suas necessidades energ√©ticas. O per√≠odo de vicaria√ß√£o termina.
  • A partir da 8¬™ semana, o gatinho inicia sua fase de autonomia. Ele aprende a se alimentar e a regular seu apetite de acordo com suas necessidades, at√© que ele cres√ßa o suficiente para alcan√ßar seu tamanho adulto.

Que comida dar a um gatinho para desmama-lo?

A comida que voc√™ d√° ao seu gatinho deve ser rica em energia, prote√≠na, vitaminas e minerais. Deve ser palat√°vel para estimular naturalmente seu desejo e seu consumo espont√Ęneo. Deve-se saber que √© durante esse passo decisivo que o gosto do gato √© formado.

A mesma dieta pode ser dada à mãe. De fato, durante a gestação e quando ela está amamentando, o gato precisa de uma dieta rica em energia e uma alta qualidade nutricional para transmiti-lo ao seu alcance. Além disso, gatinhos tendem a imitar sua mãe, eles vão adotar mais facilmente o mesmo comportamento alimentar.

Não há necessidade de variar os tipos de alimentos, gostos ou marcas. Escolha um alimento completo, de qualidade, equilibrado e adaptado às necessidades nutricionais de um gatinho. O corpo do gato é construído durante o desmame; ele se fortalece como o de uma criança. Portanto, é essencial fornecer-lhe alimento adequado para evitar o risco de deficiência.

Com que frequência um gatinho deve ser alimentado durante o desmame?

Durante o desmame, o gatinho deve sempre ter √°gua, facilmente acess√≠vel e fazer v√°rias refei√ß√Ķes por dia. O ideal √© distribuir de 3 a 5 refei√ß√Ķes por dia, conforme necess√°rio, distribu√≠das ao longo do dia. Para dar-lhe bons h√°bitos alimentares, deixe-lhe a tigela por um tempo limitado, em seguida, retire-a e n√£o lhe d√™ nada para comer antes da pr√≥xima refei√ß√£o.

O gato também deve aprender a beber o suficiente porque é muito sensível a cálculos urinários e problemas renais. Deixe sempre com água limpa e fresca, para que possa ter bons hábitos muito cedo.

As a√ß√Ķes corretas e dicas para o sucesso no desmame

Aqui est√£o algumas dicas e boas coisas para fazer com sucesso desmamar seu gatinho.

O período pré-desmame

Durante o período pré-desmame, isto é, durante as primeiras quatro semanas de vida de um gatinho, não é necessário intervir em sua dieta, já que sua mãe cuida disso inteiramente. Por outro lado, certifique-se de que ele suga bem e que seu peso ao nascer dobra após as duas primeiras semanas. Se ele cresce bem e cresce normalmente, está tudo bem. Se não, intervenha ajudando-o a mamar ou dê-lhe alguma fórmula para apoiá-lo. Não hesite em procurar o conselho de um veterinário.

Alimente o gatinho durante o desmame e controle seu peso

Durante o período de desmame, você pode morder gatinhos ligeiramente humildes com um pouco de água morna para torná-los mais macios e fáceis de engolir.

Sinta-se livre para pesar o seu gatinho uma ou duas vezes por semana, sempre ao mesmo tempo. Se seu peso ficar estagnado ou cair, fique atento e certifique-se de que ele tenha o suficiente para comer. Troque comida se a que você escolher for de baixa qualidade.

Durante o desmame, as habilidades digestivas do gatinho mudam. De fato, seu corpo digere a lactose, que √© o a√ß√ļcar contido no leite, e digere o amido de cereais melhor. Por outro lado, aprender a digerir o amido √© muito lento; tenha cuidado para n√£o us√°-lo excessivamente, com o risco de causar diarr√©ia.

A peculiaridade do gatinho alimentado com leite artificial

Se você coletou um gatinho abandonado ou foi forçado a alimentar um com fórmula, ele ainda deve ser desmamado como um gatinho criado com leite materno. Você verá na 4ª ou 5ª semana que ele mordisca o mamilo da mamadeira quando é uma merda; é um bom momento para oferecer-lhe um prato de croquetes levemente umedecidos com leite.

Quanto a um gatinho criado no leite materno, reduza gradualmente as quantidades de leite e aumente a ração de croquetes todos os dias.

√Č necess√°rio vacinar um gatinho durante o desmame?

O gatinho é naturalmente protegido pelos anticorpos que sua mãe lhe enviou até a 8ª semana. Portanto, é necessário vaciná-lo por volta da 8ª a 10ª semana contra o tifo (panleucopenia) e a coriza.

A educação do gatinho durante o desmame

√Č principalmente entre a 2¬™ e 8¬™ semana de exist√™ncia que o gatinho aprende a socializar e a ser educado. Este per√≠odo √© essencial para ele crescer em uma fam√≠lia adotando bons h√°bitos.

A mãe é a primeira a ensinar socialização ao seu gatinho. Isso se desenvolve mais tarde quando o animal interage com outros animais e humanos. O gatinho aprende a descobrir seu ambiente, a fazer seu banheiro, a fazer suas necessidades, a se comportar bem graças a sua mãe. Ensine-lhe os gestos certos também, mas corra bem para não assustá-lo. Mostre-se paciente, atencioso e bom pedagogo.

As conseq√ľ√™ncias de desmamar o gatinho cedo demais

A lei de janeiro de 1999 proíbe a adoção de um gatinho antes de 8 semanas. Para estabelecer este atraso, as autoridades contaram com o fim do período de vicariedade, considerando que um gatinho pode deixar sua mãe somente após a fase de rejeição para evitar experimentar choque emocional e ter sido educado adequadamente por -lo.

Um gatinho separado prematuramente de sua mãe viu-o como uma criança arrancada de sua família. Durante a noite, ele é cortado do calor, do cheiro e do ambiente de sua mãe. Ele está imerso em um ambiente que ele não conhece, com pessoas que ele não conhece, cercado por sons e cheiros desconhecidos. O trauma é grande e, infelizmente, o desmame inacabado, seguido de uma separação prematura, causa desordens no gatinho e, às vezes, pode levar à sua perda. Portanto, é imperativo respeitar o atraso de 8 semanas para adotar o seu gatinho.

Compartilhe Com Seus Amigos