Qual Sistema De Tratamento Escolher Para Sua Piscina? Comparação.

Para que a água da sua piscina seja a mais bela e a mais limpa possível, não basta filtrá-la. Também deve ser desinfetado para evitar o crescimento de algas ou fungos, por exemplo. A água da piscina bem higienizada é a garantia de uma água balnear clara e agradável.

Citação de manutenção de piscina! Livre e sem compromisso!

Do tratamento com cloro, ao bromo ou ao sal, existem diferentes produtos para desinfetar melhor sua piscina, cada um com seus pontos fortes e fracos. Revisão dos principais tratamentos da piscina para fazer a melhor escolha.

Qual tratamento escolher para sua piscina?

O tratamento de cloro da piscina

O tratamento da água da piscina com cloro é certamente a técnica mais conhecida e mais utilizada. O cloro é de fato um dos tratamentos mais eficazes. Ele desempenha o papel de desinfetante e oxidante muito poderoso que pode lutar contra bactérias, fungos, vírus e matéria orgânica. O cloro é usado com mais frequência na forma de seixos disponíveis nos skimmers da piscina. Tenha cuidado para não colocar um seixo de cloro diretamente na água da sua piscina ou danificar o revestimento da sua piscina. O cloro pode ser usado para o tratamento regular da piscina, assim como o tratamento de choque para alcançar a água da piscina.

Suas vantagens

Seu preço: O cloro é o tratamento de piscina mais barato disponível no mercado, comparado ao seu ótimo desempenho. Também é muito econômico porque, em circunstâncias normais, um cilindro de cloro é suficiente para tratar sua piscina por uma semana.

Sua versatilidade: A principal função do cloro é desinfetar a água da piscina, livrando-a de seus germes. Mas é tão eficaz na destruição de algas. Além disso, o cloro atua como o aparecimento de bactérias, fungos, etc.

Sua facilidade de uso: apresentado sob a forma de pedras ou em forma líquida, o cloro é muito fácil de manusear, desde que você tome um mínimo de precauções.

Suas desvantagens

Limites à sua eficácia: Para ser 100% eficaz, o cloro deve ser utilizado na água da piscina a um pH neutro, isto é, em torno de 7 / 7,2. Quanto mais alto o pH, menos o cloro terá desempenho para tratar a sua piscina. Portanto, a acidez da água da piscina deve ser cuidadosamente monitorada e controlada regularmente. O cloro também é menos eficaz à medida que a temperatura externa aumenta.

Sua periculosidade: O cloro é um químico. E como todos os produtos deste tipo, seu uso representa riscos significativos para a saúde. É importante manusear o cloro com cuidado, seguindo as instruções do fabricante para uso, e especialmente para não deixar este produto químico ao alcance das crianças. Para não causar problemas de pele ou membranas mucosas aos banhistas, é essencial verificar pelo menos uma vez por semana o teor de cloro na água para evitar overdose.

Sua composição: Um rolo de cloro também contém o que é chamado de estabilizador, que permite manter as suas qualidades ao longo do tempo. Mas este estabilizador tende a se acumular na água com a consequência, se sua taxa for alta (da ordem de 75mg / litro), reduza a eficácia do cloro.

Seu cheiro: O cloro é sistematicamente ligado ao cheiro da piscina! É verdade que é um odor que se reconhece entre mil e que é desagradável.

Citação de manutenção de piscina! Livre e sem compromisso!

Bromo tratamento da piscina

Como o cloro, o bromo é um poderoso oxidante e desinfetante. Elimina bactérias, fungos, vírus e matéria orgânica na água da piscina. O bromo vem na forma de pellets que devem ser colocados em um brominador, um aparelho instalado no circuito de filtração de água, onde eles se dissolverão lentamente para serem efetivos por várias semanas. Como o cloro, o bromo pode ser usado como um tratamento comum, mas também como uma cura se a água precisar ser desinfetada rapidamente.

Suas vantagens

Sua facilidade de uso: vendido na forma de pellets, o bromo é tão fácil de usar quanto o cloro. O bromo permanece eficaz mesmo se o pH da água na sua piscina for alto.

Nenhuma ação na pele: A grande diferença entre o bromo e o cloro é a ausência de efeitos irritantes na pele e nas membranas mucosas. Bromo, portanto, garante o maior conforto possível para os banhistas.

O bromo é inodoro: alta qualidade em comparação com o cloro, cujo cheiro desagradável pode ser inconveniente.

Sua versatilidade: bromo tem três funções principais. Desinfecta, actua de oxidante e algicida. Por outro lado, sua ação permanece estável mesmo com altas temperaturas.

Sua composição: O bromo não precisa de produto adicional para garantir sua eficácia. No final, a água da piscina é menos carregada com produtos químicos.

Sua desvantagem

Seu preço: esta é a principal desvantagem do bromo. É 20 a 40% mais caro que o cloro.

O tratamento salgado da piscina

O clorador de sal é uma solução muito confortável, saudável e natural para o tratamento da água da piscina. O sal que é injetado na piscina é transformado em um tipo de cloro graças aos eletrodos do eletrolisador. O sal assim transformado tem poderes de limpeza e desinfecção.

Suas vantagens

Não agressivo baseado no sal, como o próprio nome sugere, este método não causa alergias e não emite nenhum odor. Além disso, a água e as paredes da piscina são mais macias.

Sua facilidade de uso: O tratamento com sal é fácil de usar e não requer muita manutenção.

Seu preço: sal, matéria-prima para este tipo de tratamento, é barato.

Suas desvantagens

Um investimento inicial caro: a compra de um eletrolisador, obrigatório para o tratamento de uma piscina de sal, é um investimento real no início.

Maior vigilância: o tratamento da água pela eletrólise do sal repercute no pH da água. Por conseguinte, é necessário verificar a sua acidez com muita regularidade.

O tratamento PHMB da piscina

O PHMB é uma molécula química próxima a um anti-séptico. Sua ação é, portanto, eficaz contra bactérias, mas também contra fungos. O PHMB é um super desinfetante. No entanto, não é um oxidante, por isso não combate os resíduos orgânicos na água da piscina que alimentam as algas. O PHMB, portanto, impõe o uso de um algicida em paralelo. É um produto que não teme a água que está em alta temperatura, nem calor. PHMB também pode ser usado independentemente do nível de pH da água. Este produto é apenas um tratamento comum da piscina. Não pode ser usado como tratamento de choque em caso de grandes problemas com a água da sua piscina.

Suas vantagens

Seu conforto para os banhistas: O PHMB não é irritante para a pele ou os olhos dos nadadores. Também não tem cheiro nem gosto. É uma boa alternativa para pessoas alérgicas ao cloro ou ao bromo.

Sua duração de eficácia: A principal característica do PHMB é uma longa duração de ação. Permite espaçar significativamente os tratamentos de água da piscina.

Suas desvantagens

Um produto raro: O PHMB ainda é um produto raro. Por isso, não é fácil encontrar até entre profissionais de piscinas.

Sua periculosidade: é um produto químico que deve ser usado com cuidado.

Sua incompatibilidade com outros produtos químicos: O PHMB nunca deve ser misturado com cloro, bromo ou cobre. Antes de começar a tratar seu pool com PHMB, você deve certificar-se de que não haja resíduos desses produtos químicos com os quais seja altamente incompatível.

Citação de manutenção de piscina! Livre e sem compromisso!

O tratamento de oxigênio ativo da piscina

O oxigênio ativo é o tratamento mais respeitoso para os nadadores e também o mais ecológico. É composto de oxigênio, poderoso desinfetante e oxidante que age muito rapidamente, e um ativador que prolonga seu efeito desinfetante enquanto luta contra as algas. Este produto requer monitoramento regular e frequente. É por isso que muitas vezes é oferecido com dispositivos automáticos que permitem distribuí-lo da forma mais eficiente possível.

Suas vantagens

Um produto natural: O oxigênio ativo é uma molécula inteiramente natural, sem consequências danosas para os nadadores e o meio ambiente.

O tratamento de choque mais eficaz: o oxigénio activo é utilizado tanto para o tratamento actual da piscina como para o tratamento de choque de água em caso de problemas. Nesta última situação, acaba por ser o tratamento de choque mais eficaz.

Suas desvantagens

Uma ação curta: reativo, o oxigênio ativo perde rapidamente seu efeito desinfetante. Além da água a 28 graus, ela não está mais ativa. O oxigênio ativo é eficaz somente em águas com pH entre 7 e 7,6.

Não é adequado para grandes piscinas: o tratamento de uma piscina com oxigênio ativo é recomendado para piscinas menores que 20 m 3.

Seu preço: muito mais caro que o cloro, o oxigênio ativo também é mais caro que o bromo.

Compartilhe Com Seus Amigos