Por Que Meu Gato Come Grama?

Vendo seu gato atacando gramíneas de jardim ou suas plantas verdes é certamente uma observação comum. De fato, apesar de carnívoros, esses animais são conhecidos por usar a grama para "purgar".

Mas por que e como esse fenômeno funciona? Essa é a única explicação para esse comportamento? Na verdade, a erva tem muitas virtudes para o corpo do gato.

Por que meu gato come grama?

Eliminar bolas de pêlo

A ingestão de grama pelo gato ajuda a evacuação dos cabelos engolidos durante o banheiro: as lâminas de grama envolvem os cabelos acumulados no estômago e formam bolas que poderão ser regurgitadas mais facilmente. Esta ação da grama é essencial para a saúde do gato porque, em caso de grande acumulação, as bolas de pêlo podem entupir o estômago. Comer capim atua como um regulador de "overfullness", por isso é altamente recomendável fornecer catnip (gramíneas) para gatos sem acesso a um jardim. Comercialmente disponíveis, estas ervas geralmente consistem em trigo, cevada e centeio.

Induzir o vômito

Outra razão frequentemente mencionada é que a erva ajuda a aliviar o estômago irritado do gato em caso de distúrbios digestivos, por isso teria de acordo com alguns especialistas uma ação emética não necessariamente com a finalidade de remover o cabelo. Se o gato comeu uma comida que não pode digerir, ele vai usar a erva por suas propriedades calmantes, por um lado, mas também para desencadear vômitos. Isto é particularmente verdadeiro no caso de gatos que saem e caçam pequenos animais (roedores, pássaros) cujos ossos e penas não podem ser digeridos; deste modo, estes elementos não assimiláveis ​​poderão expulsar-se vomitando. Da mesma forma, a erva tem um efeito laxante no gato, permitindo que o animal regularmente alimentar e regular a presença de tais elementos no trato digestivo e evitar o acúmulo de restos de comida.

Balanceamento de deficiências nutricionais

Embora o gato seja um animal carnívoro, a grama lhe daria algumas fibras e vitaminas que ele não encontra em sua dieta habitual. Entre essas contribuições, especialistas citam o ácido fólico, um químico que ajuda a produzir hemoglobina. Embora os alimentos industriais para animais de estimação contenham agora muitos nutrientes adicionais, seus instintos os levam a consumir grama por esse motivo, o que também os leva a atacar plantas de interior. Tenha cuidado também com algumas flores, como açafrão ou philodendron, tóxico para gatos.

A grama... por prazer?

Se o catnip disponível comercialmente for apenas grama, selecionado para sua ingestão de fibras, o verdadeiro catnip (também conhecido como catnip) tem efeitos semelhantes aos do uma droga nos nossos gatos! Esta planta perene da família de hortelã produz emissões de nepetalactona para proteger contra o ataque de insetos. No entanto, esta substância é encontrada para ser formada por uma molécula que se assemelha ao LSD... Acontece que os gatos estão esfregando plantas de catnip ou rolando lá, às vezes até lambem, atraídos por seus fumos. A planta então age como uma droga capaz de colocar o gato em estado de êxtase por vários minutos, liberando feromônios do prazer no cérebro!

Compartilhe Com Seus Amigos