O Gato Selvagem, Um Grande Gato Malhado

O gato selvagem (Felis silvestris silvestris) ou gato da floresta poderia passar por um gato malhado como nós cruzamos muito nas casas como um animal doméstico, exceto que para dar uma olhada mais de perto neste mamífero - se você se deparar com um, dada a sua escassez - é muito mais imponente e mais feroz que o gato doméstico. Não confunda também Felis silvestris silvestris com um gato doméstico que teria sido abandonado!

gato selvagem (Felis silvestris silvestris) ou gato da floresta

O gato selvagem: carteira de identidade

A silhueta maciça do gato selvagem distingue-o imediatamente, uma vez que pode medir entre 50 e 80 cm de comprimento para um peso que às vezes atinge 8 kg. Ele é coberto com uma pele grossa, semelhante a um tigre, nunca manchada, com uma cauda cilíndrica espessa também tigre, que é caracterizada por quatro anéis pretos. Uma linha preta também corre pelas costas, do pescoço à cauda. No verão, sua pelagem fica mais fina após a muda da primavera.

Sua cabe√ßa √© encimada por orelhas triangulares sem escovas, como o gato dom√©stico que pode girar 180¬į, a √≠ris de seus olhos √© amarela, suas vibra√ß√Ķes s√£o brancas e a ponta de seu nariz √© rosa. Como um carn√≠voro, ele tem uns belos dentes de 30 quenottes!

Suas pernas s√£o bastante curtas apesar de sua altura de 35 a 40 cm e sua passagem pode ser notada pelas impress√Ķes deixadas, maiores que as de um gato dom√©stico, mas elas traem o mesmo desenho com 5 dedos na frente e 4 a as costas, garras retr√°teis e patas.

gato selvagem (Felis silvestris silvestris) ou gato da floresta

Normalmente, o gato selvagem mia e ronrona como o gato doméstico. Sua visão é melhor em luz fraca, o que explica sua vida crepuscular. Ele tem um senso de olfato bem desenvolvido e uma ótima audição.

Quando um gato doméstico abandonado retorna à natureza, ele é chamado de gato "feroz". E como nada é particionado na natureza, acontece que os cruzamentos ocorrem entre gato doméstico e gato selvagem, eles vão dar gatos "mestiço", que vão contra a durabilidade das espécies silvestres.

O gato selvagem é tímido, tímido e facilmente assustado. Quando ele se sente ameaçado, ele faz as costas grandes, eriçando o cabelo e golpes, abrindo a boca. Sua vida ativa concentra-se principalmente à noite ou ao entardecer, quando é menos provável que encontre pessoas e tenha vergonha. Durante o dia, ele dorme e dorme no chão ou em um galho, por exemplo. Sua expectativa de vida é de 10 anos, mas muitas vezes é menor.

A reprodução do gato selvagem

No final do inverno e da primavera, os gatos selvagens acasalam, dando à luz após um período de gestação de 60 a 65 dias, que geralmente tem entre 2 e 6 gatinhos por faixa anual (pode acontecer, entretanto, que uma ninhada na primavera é seguida por outra no verão). A fêmea, apenas para cuidar de sua prole, amamenta seus filhotes com suas 8 tetas. Ao nascer, os filhotes têm os olhos fechados e duram cerca de dez dias. Eles vão ficar com o gato até os 5 meses, o tempo para aprender a caçar por comida, e atingir a maturidade sexual em 1 ano para os machos e um pouco antes para as fêmeas.

O habitat do gato selvagem

O gato selvagem vive principalmente em florestas caducif√≥lias, mas tamb√©m vaga, especialmente para ca√ßa, clareiras, √°reas de charneca ou p√Ęntanos a uma altitude n√£o superior a 1000 metros. As f√™meas - por serem respons√°veis ‚Äč‚Äčpelos filhotes - s√£o mais sedent√°rias que os machos, mais vagabundas, que evoluem em territ√≥rios maiores que as f√™meas (3 km¬≤ contra 2 km¬≤), invadindo as dos gatos. O gato selvagem marcar√° sua passagem e delimitar√° seu territ√≥rio, que ele defende, depositando urina, fezes, secre√ß√Ķes de diferentes gl√Ęndulas: anal, labial, jugal, suor, seb√°cea. Seu habitat √© encontrado em um toco, uma toca abandonada, uma cavidade de rocha, um buraco de √°rvore...

Comida de gato selvagem

Como um carn√≠voro, √© tamb√©m a presen√ßa de comida que determinar√° o territ√≥rio do gato selvagem, procurando por pequenos roedores como o ratazana ou camundongo, coelhos e lebres jovens, esquilos, p√°ssaros e se ele estiver realmente com fome, tamb√©m comer√° lagartos, sapos, insetos ou at√© mesmo peixes. Como o gato dom√©stico, a grama tamb√©m serve para evitar bolas de p√™lo no est√īmago.

gato selvagem (Felis silvestris silvestris) ou gato da floresta

O gato selvagem, uma raridade na França

O gato selvagem é encontrado na Europa Oriental, mas se tornou muito raro na França, além de um pouco no nordeste onde a floresta diversificada continua: o desaparecimento das florestas inevitavelmente leva ao declínio da população de felinos selvagens.

Cruzamentos com gatos domésticos degeneram a raça selvagem, mas também são vítimas de caça, armadilhas e tráfego rodoviário. Sem mencionar que a neve não facilita as coisas para ele caçar: com fome, ele pode morrer.

Do ponto de vista de sua sa√ļde, o gato selvagem √© suscet√≠vel aos mesmos v√≠rus no gato dom√©stico, ou seja, tifo, ajudas de gato, leucose felina...

Predadores como os gatinhos de raposa vermelha, marta, arminho e √°guia-real.

Como além de sua raridade, o gato selvagem não se aproxima dos humanos, o jardineiro não tem nada a temer dele.

Actualmente, os gatos selvagens beneficiam de medidas de protec√ß√£o a n√≠vel europeu, uma vez que est√£o enumerados no anexo A do Regulamento n.¬ļ 338/97 relativo √† protec√ß√£o das esp√©cies da fauna e da flora selvagens atrav√©s do controlo do seu com√©rcio, bem como Apenas no Anexo II da Conven√ß√£o de Berna que pro√≠be a destrui√ß√£o, mutila√ß√£o, captura ou remo√ß√£o, perturba√ß√£o intencional ou naturaliza√ß√£o, e a destrui√ß√£o, altera√ß√£o ou degrada√ß√£o do seu ambiente. Em Fran√ßa, o decreto de 23 de Abril de 2007 que estabelece a lista de mam√≠feros terrestres protegidos em todo o territ√≥rio e as modalidades da sua protec√ß√£o completam o regime.

(foto 2 de Lviatour - Trabalho pessoal, CC BY-SA 3.0)

Vídeo: Gato Gigante Domestico.

Compartilhe Com Seus Amigos