Lâmpadas De Invernada De Verão

lâmpadas

As lâmpadas de verão não são resistentes. Por vários anos, no entanto, tem havido uma tendência a deixá-los no chão porque os invernos são menos severos do que há 20 anos. Mas o exercício é arriscado. Em um inverno muito rigoroso, na região de Paris, por exemplo, quase nenhuma das lâmpadas de verão deixadas na terra sobreviveu. Mesmo quando eles foram deixados no solo arenoso!

Prossiga a tempo

Rasgue dálias, gladíolos, cannas, frésias, acidantheras, lírios não-resistentes, Eucharis, lírios, tigridia assim que o tempo previr temperaturas noturnas abaixo de 6 - 8° C. Mas ainda é possível rasgar as lâmpadas de verão até as primeiras geadas, que não chegam ao solo em profundidade. Se a queda estiver especialmente molhada (ou em solo pesado), é melhor remover os bulbos cedo.

Como desenterrá-los?

No final de outubro, desenterrar os tubérculos com um garfo de espadas. Descarte-os do chão e mantenha os caules e a folhagem. Armazene no abrigo por dez dias. Quando as folhas estiverem amarelas, corte as hastes mantendo 10 cm de comprimento.

Ordenar as lâmpadas

Aproveite a operação para separar as lâmpadas e tubérculos de tamanho para florescer, bulblets para plantar em viveiro. Para plantas de coral (gladíolos), remova o corno antigo e mantenha o que se formou acima. Elimine plantas doentes ou feridas que possam apodrecer.

O truque para manter suas lâmpadas

Você pode manter suas lâmpadas e tubérculos abertos em uma caixa, ou colocá-los em serragem bem seca, que absorve qualquer excesso de umidade, protegendo-os da dessecação total.

Conservação de lâmpadas

Se você mora perto de uma serraria, não terá problemas em consegui-la. Caso contrário, use cama de cobaia, que também dá resultados muito bons.

Você sabia?

Em um clima ameno, experimente o inverno no local: basta colocar os bulbos longe da água com uma folha de plástico colocada sobre ele.

Vídeo: HOMENAGEM DO CTG LANCEIROS DA ZONA SUL PARA INVERNADA JUVENIL.

Compartilhe Com Seus Amigos