O Pombo-Torcaz (Columba Palumbus) Ou Palombe

O pombo-torcaz (Columba palumbus) √© uma das aves mais comuns nas nossas cidades. √Č a maior variedade de pombos na Europa. √Č tamb√©m conhecido como o Palombe, altamente popular entre os ca√ßadores no sudoeste da Fran√ßa durante a migra√ß√£o de algumas dessas aves no outono.

O pombo-torcaz (Columba palumbus) ou Palombe

Como reconhecer um pombo-torcaz?

O pombo-torcaz √© um p√°ssaro grande com uma plumagem cinza-azulada nas costas e na cabe√ßa, e rosa no peito. Ele √© reconhec√≠vel com suas manchas brancas no lado do pesco√ßo (exceto os pombinhos) e uma linha branca em suas asas e cauda, ‚Äč‚Äčmais vis√≠vel quando ele est√° voando. Suas penas s√£o lisas e sedosas. O pombo-torcaz √© tamb√©m reconhecido pela sua marcha lenta quando se movimenta no solo.

Gritando e cantando o pombo de madeira

O pombo-torcaz é facilmente reconhecível pelo seu típico arrulhar, empurrado principalmente pelos machos. Este grito serve para informar seus congêneres de que ele ocupa o território. Pode ser ouvido durante todo o ano, especialmente ao amanhecer.

Habitat do pombo-torcaz

O pombo-torcaz vive tanto no campo, nas matas como na cidade, nas ruas, parques e jardins, onde √© ainda muito presente. √Č encontrado em toda a Europa. No entanto, n√£o tem o mesmo comportamento de acordo com o seu local de habitat. No meio rural, √© um p√°ssaro assustador, talvez por causa dos ca√ßadores que o rastreiam. Por outro lado, na cidade, o pombo da madeira n√£o tem medo da presen√ßa do homem. Pelo contr√°rio, ele est√° muito pr√≥ximo disso. Ele vive com mais frequ√™ncia em bandas que re√ļnem um grande n√ļmero de indiv√≠duos.

O pombo-torcaz vive tanto no campo nas florestas como na cidade

Poder do pombo de madeira

O pombo-torcaz √© herb√≠voro. Alimenta-se principalmente no solo, como muitas sementes, ervas, bot√Ķes ou folhas. No ver√£o, ele tamb√©m come frutas, enquanto ele favorece frutos de faia e bolotas durante o outono.

Ele é um visitante de bétula ávido com seus gatinhos e hera com seus frutos.

Pombo-torcaz

O pombo-torcaz f√™mea constr√≥i seu ninho relativamente sumariamente entre abril e setembro, seja no galho de uma √°rvore ou no ch√£o, escondido na vegeta√ß√£o. O pombo-torcaz p√Ķe seus ovos, dois deles, em abril ou maio. Ela tem entre 2 e 3 ninhadas por ano. Os ovos s√£o cobertos por ambos os pais por cerca de 17 dias. Uma vez nascidos, os filhotes tamb√©m s√£o alimentados pelos machos e f√™meas com uma secre√ß√£o baseada em misturas de sementes pr√©-digeridas, chamadas "mingau de pombo", que elas mant√™m em suas lavouras. Os filhotes deixam o ninho depois de tr√™s semanas.

O pombo da madeira √© √ļtil ou prejudicial ao jardim?

No campo, o pombo-torcaz é considerado nocivo, principalmente no inverno, pois causa enormes prejuízos nos campos de colza ou cereais, entre outros. No meio urbano, ele é visto frequentemente nos gramados dos jardins, onde coleciona sementes para comer. Na primavera, também acontece de comer os brotos e as flores de plantas e árvores nos jardins. Na horta, ele pode pousar em um galho de árvore para monitorar as mudas e especialmente as de ervilhas que ele irá recuperar para a alimentação.

Vídeo: Scotland FEB 16 pigeon shooting torcazes.

Compartilhe Com Seus Amigos